PROGRAMA BALADA DA FADA

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Dermatologista dá dicas para o verão

Fernanda Montoril é especialista em pele saudável e medicina estética

O verão é a estação mais esperada do ano. Afinal, na nossa cultura, pele bronzeada é sinônimo de beleza e saúde.

No entanto, é preciso lembrar-se dos cuidados básicos com a saúde. Em primeiro, segundo e terceiro lugar sempre:

FILTRO SOLAR!!!

A exposição inadequada à radiação solar é responsável pelo aparecimento de manchas, envelhecimento precoce, queimaduras e, até mesmo, tumores.

De forma geral:

. Para a pele negra, é indicada FPS 15.

. Para a pele clara e cabelos escuros, FPS 20.

. Para a pele clara e cabelos claros, FPS 30.

(FPS - Fator de Proteção Solar)

Como a pele, no verão, em geral, fica oleosa, deve-se dar ênfase aos filtros solares oil-free (filtros cujos veículos não contêm substâncias oleosas. São os mais indicados para pessoas de pele oleosa ou com tendência à formação de cravos e espinhas). Não esquecendo que o seu dermatologista é o profissional mais indicado para essa escolha.

* Dra. Fernanda Montoril
dermatologista
(femontoril@gmail.com)

É importante não se esquecer das orelhas, mãos e colo, regiões sempre expostas aos danos solares e por vezes esquecida.

Para preparar a pele do rosto e corpo para o verão, é indicada uma esfoliação com produtos específicos, com o intuito de uniformizar a coloração e prevenir manchas.

O filtro solar não impede o bronzeamento, apenas diminui seus riscos.

Uma alimentação rica em betacaroteno garante uma pele mais saudável e prolongam o feito do bronzeamento. Capriche na ingestão de cenoura, mamão, abóbora, espinafre, beterraba, manga e
brócolis. Existem no mercado cápsulas de betacaroteno, que, na dificuldade de ingestão dos alimentos, são indicadas.

Com o avanço dos dermocosméticos, é possível encontrar filtros solares em cápsulas à base de Picknogenol, para ser usado via oral.

Devem-se evitar alimentos que aumentam a oleosidade da pele, como amendoins, castanhas, carne suína e bebida alcoólica.

Na busca de um bronzeamento rápido, pode ser feito o bronzeamento a jato, em que ocorre uma reação do
creme com a camada superficial da pele, produzindo um coloramento, sem prejudicar a pele. Não se esquecendo de que eles não funcionam com filtro solar.

A perda hídrica aumenta nesta estação, sendo necessário o uso de hidratante corporal e facial, além do aumento da ingestão de água e sucos naturais.

Os pés, em especial, devem receber uma hidratação intensa, com cremes à base de ureia, devido à tendência ao ressecamento.

Os cabelos e couro cabeludo, por vezes esquecidos, devem ser protegidos com filtro solar específicos e com uso de bonés ou chapéus, no mercado já existem bonés e roupas em geral acresci- são dos de dióxido de titânio, que conferem proteção contra raios UVA e UVB.

Com o avanço da indústria farmacêutica, existe uma grande variedade de maquiagem, incluindo base, pó compacto, sombras e batons, acrescidos de FPS. No entanto, vale ressaltar que a exposição solar direta com maquiagem pode causar manchas.

Os peelings faciais e corporais superficiais estão liberados, não esquecendo que o médico deve avaliar caso a caso.

Os produtos usados no inverno nem sempre podem ser usados no verão, principalmente os cremes faciais à base de ácidos.

No geral, protetor solar no corpo e rosto associado a uma hidratação intensa são os pré-requisitos necessários para uma pele bonita no verão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.