PROGRAMA BALADA DA FADA

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

FESTAS DE FINAL DE ANO PODEM INFLUENCIAR NA SAÚDE DO CORAÇÃO

Pesquisas americanas mostram um aumento dos casos de doenças cardíacas entre dezembro e janeiro e um pico de ataques cardíacos entre Natal e Ano Novo, o que chamam de Holiday Heart Syndrome

Cardiologista Elias Knobel, autor do recém-lançado “Coração
 ...  é Emoção” (Ed Atheneu) afirma que o stress desta época do ano, com fechamento de projetos, metas, encontros familiares, compras de Natal, excesso de álcool, comida e a “obrigação” de se sentir feliz, podem ter efeitos  indesejáveis para a saúde cardíaca

Lugares iluminados e enfeitados, árvores de Natal, votos de felicidade, férias, festas e um novo ano que começa. Muitas coisas são boas no final do ano, mas especialistas fazem um alerta: esta época pode ter efeitos indesejáveis ao coração. De acordo com o cardiologista Elias Knobel, Diretor Emérito e Fundador do Centro de Terapia Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, autor da recém-lançada obra “Coração ...  é Emoção” (Ed. Atheneu) as emoções e os hábitos relacionados a esta época do ano têm efeito direto neste órgão vital, principalmente para aqueles que já têm propensão às doenças cardíacas.  “Este fenômeno tem até uma expressão nos Estados Unidos, chamado de “Holiday Heart Syndrome”, que representa o conjunto de fatores que podem desencadear problemas de coração e até um ataque cardíaco nesta época do ano”, afirma Knobel.


Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia que analisou as 53 milhões de mortes do coração que ocorreram nos EUA entre 1973 e 2001 mostrou um maior número de mortes entre os meses de dezembro e janeiro, com picos durante o Natal e Ano Novo. Estudos mais recentes mostram a mesma incidência.

Para Knobel, fatores como excesso de bebida alcoólica e comida desempenham papel fundamental nestes índices. “É muito comum durante o plantão de Natal recebermos pessoas com quadro de síncope e arritmia. Bebem e comem mais que a conta e acabam passando mal e prejudicando o coração”, afirma.

O stress - característico desta época - com fechamento de projetos, metas, corrida para as compras de final de ano, encontros familiares e um salário que nem sempre dá para pagar as contas do ano, também é um vilão para a saúde cardíaca.  “Muitas vezes, a pessoa não tem doença coronária, mas com esta carga de stress, cai e desmaia. Isso é um efeito direto de substâncias como a adrenalina e de outras   que  podem afetar     o coração. E, se tiver  alguma obstrução nas artérias coronárias, os efeitos  poderão ser maiores”, explica.

Outro fator são as emoções, tão afloradas no final do ano. Quando negativas, podem afetar a saúde cardíaca, como Knobel explica no livro recém-lançado “Coração ...  é Emoção”, da Editora Atheneu. “Há no Natal aquela obrigação de estar feliz e nem sempre as pessoas estão propensas a isso, porque estão em luto, brigados com a família, doentes, sozinhas, etc”. No livro, Knobel  e os diversos colaboradores explicam  como a depressão, raiva e hostilidade têm influência direta no coração. “A depressão é acompanhada de uma incidência maior de problemas cardíacos. Depois de problemas coronarianos , pacientes com depressão têm mais complicações”, afirma.

Felicidade e Prudência
Para Knobel, também há aspectos positivos em relação a esta época para a saúde do coração. “É um período muito bonito, de muita confraternização. Quando a pessoa consegue entrar no clima das festas, o coração só sai ganhando”, explica. Quanto à comida e à bebida, é bom maneirar. “Tudo que é em excesso prejudica não só o coração, mas todos os órgãos do corpo. Prudência é a palavra de quem tem saúde”, explica.

Por que as pessoas têm mais problemas de coração nesta época?
·        Excesso de bebida alcoólica
·        Férias, festas e viagens – pessoas relaxam da dieta equilibrada
·        Excesso de sal nas comidas
·        Stress de encerramento de ano – fechamento de projetos, metas, obrigações, contrariedades,   cansaço do ano, compras, dinheiro, encontros familiares
·        Depressão e tristeza causadas pelo período
·        Falta de Adesão aos tratamentos
·        Adiamento de ir ao médico e resolver problemas de saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.