PROGRAMA BALADA DA FADA

sábado, 15 de janeiro de 2011

Centro Regional para Formação no Combate ao Crack‏

Estão previstos quatro cursos, sendo um de aperfeiçoamento e três de atualização; todos oferecerão 70 vagas

A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) foi confirmada, no final de dezembro, como o único Centro Regional de Referência para formação permanente de profissionais que atuam no combate ao crack e outras drogas do interior do Estado de São Paulo. O projeto, coordenado pelo professor José Manoel Bertolote, do Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria da FMB, será financiado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, vinculada à Presidência da República, que destinará R$ 250 mil à faculdade.
Estão previstos quatro cursos, sendo um de aperfeiçoamento e três de atualização. Todos oferecerão 70 vagas. A área de abrangência será os 68 municípios pertencentes ao Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS 6).
Dois deles terão início em fevereiro e serão voltados a profissionais da rede básica de Saúde. Além disso, também serão abertas inscrições para capacitação voltada a agentes comunitários e redutores de danos (com duas turmas de 70 alunos).

Em abril, começam outros dois cursos para funcionários que atuam em hospitais gerais. Também haverá treinamento para profissionais das redes SUS (Sistema Único de Saúde) e SUAS (Sistema Único de Assistência Social).Todas as aulas serão realizadas na própria FMB, ministradas por professores da faculdade e também convidados.
Em todo o Brasil, a qualificação através de centros de referência terá a disposição R$ 140,9 milhões. A previsão era que fossem criados de 25 à 30 centros no País, incluindo a FMB.
“Esse projeto faz parte do esforço nacional de enfrentamento ao crack e outras drogas. A FMB teve o privilégio de ser uma das escolhidas. Será bom tanto para a faculdade como para toda a região”, declara professor Bertolote.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.