PROGRAMA BALADA DA FADA

domingo, 9 de janeiro de 2011

Não tire férias das 'lentes de contato'. Falta de cuidados causa doenças oculares‏

Não tire férias das ‘lentes de contato’

Férias significam descanso e diversão. Mas não se pode negligenciar os cuidados com as lentes de contato – o que é muito comum entre os adolescentes nesta época do ano. De acordo com o doutor Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, aumenta em 30% a frequência de jovens entre 15 e 25 anos no consultório a partir da segunda quinzena de janeiro.

“É muito comum a pessoa relaxar durante as festas de fim de ano e as férias. O problema é que, dependendo do descuido, isso pode resultar desde irritações e vermelhidão na vista até inflamações ou infecções do globo ocular. Daí a importância de jamais descuidar dos cuidados com as lentes de contato”, diz o médico.

Neves aponta cinco dicas para manter olhos saudáveis mesmo durante férias e festas:

Evite dormir com as lentes de contato. “Por mais cansado que o adolescente esteja depois das baladas, é preciso garantir um mínimo de asseio antes de ir para a cama. Como durante o sono o nível de lubrificação dos olhos decresce bastante, as lentes podem ressecar junto com o globo ocular e desencadear problemas”;
Praia e piscina não combinam com lentes de contato. “Procure tirar as lentes antes de entrar em piscinas sem tratamento adequado, com excesso de cloro, sujeira, ou mesmo lotadas, já que oferecem grande risco de contaminação. Da mesma forma, o ambiente de praia – com excesso de vento, maresia, oleosidade e suor – não oferece a mínima segurança para os olhos”;
Siga sempre as instruções do fabricante. “Todo fabricante de lentes de contato indica os produtos mais indicados para assepsia e a frequência com que as lentes devem ser tratadas. Tente se adequar a essa rotina para garantir uma visão saudável”;
Mantenha os olhos lubrificados. “Caso você passe muitas horas em frente ao computador, videogame ou televisão é bom consultar seu oftalmologista e passar a utilizar um bom lubrificante ocular. Isso previne irritações, coceiras, vermelhidões comuns entre os jovens com esse perfil”;
Esteja sempre atento às condições das lentes. “Verifique sempre se não há resíduos sólidos ou sinais de irregularidades nas lentes. Mesmo sujeiras quase imperceptíveis podem acarretar o desenvolvimento de fungos, levando à inutilização do produto e podendo desencadear problemas de visão de todo tipo”.


Fonte: Dr. Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos (www.olhos.org.br), de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.