PROGRAMA BALADA DA FADA

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Sudeste tem mais de sete mil casos da doença

Nesta segunda-feira (24/01), é celebrado o Dia Mundial do Hanseniano. No Brasil, há aproximadamente 45 mil casos de hanseníase diagnosticados, sendo 7.400 na região Sudeste. De acordo com o diretor da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), Cleo Borges, ainda existem pontos que dificultam o tratamento, especialmente no setor público, como acessibilidade, falta de capacitação dos profissionais e a falsa idéia de que a hanseníase "acabou" em algumas partes do País.

Com isso, o especialista explica que a hanseníase acaba se tornando uma doença negligenciada pelos gestores municipais, com pouco investimento e falta de atenção devida. “Este cenário contribui para uma baixa adesão ao tratamento, por parte do próprio paciente, que enfrenta ainda o preconceito da doença, referenciada como ‘coisa ruim’, ‘morte’, epidemia, exclusão, pobreza”, explica.

No enfrentamento da hanseníase, o médico de família e comunidade (MFC) atua como agente promotor de qualidade de vida ao paciente e na detecção precoce da hanseníase. “O MFC é capaz de fazer um diagnóstico precoce de qualquer alteração dermatológica e, nos casos confirmados de hanseníase, pode usar uma ferramenta de grande importância: o exame dos contactantes”. Borges ressalta a necessidade promover ações diárias e vigilância contínua por meio de um programa de trabalho anual que contemple o diagnóstico de novos casos e o término do tratamento dos já existentes.

Sobre a hanseníase

Doença transmissível através das gotas eliminadas no ar pela tosse, fala, espirro e também do contato direto com as lesões da pele de uma pessoa com hanseníase que não está em tratamento. A hanseníase é causada por uma bactéria (Mycobacterium leprae), e afeta principalmente a pele e os nervos, o que causa limitações de mobilidade em seus portadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.