PROGRAMA BALADA DA FADA

sábado, 8 de janeiro de 2011

Você É, Realmente, Profissional de RH?

Para ser profissional de RH, competente, duas condições são necessárias:

1ª - Você precisa agir estrategicamente

2ª - Você deve obter resultado para a organização – muito resultado!

Como agir

Mesmo que o RH da empresa não seja estratégico, você deve agir estrategicamente Você precisa alinhar as atividades da área de RH com as estratégias da organização. Você tem que responder, de forma convincente, à pergunta: Que resultado a empresa espera do RH?

Como obter resultados

Para obter resultados, é muito simples - basta eliminar seus gap’s, suas lacunas de competência. Os gap’s a serem eliminados são poucos, e na maioria das vezes, estão relacionados com o desconhecimento de algumas boas práticas de RH. É, também, simples explicar porque muitos profissionais de RH não obtêm o resultado esperado. Uma das respostas é dada pela pesquisa que a ABTD fez em 2009. De acordo com essa pesquisa, os profissionais de RH são os que menos recebem treinamento. É bom lembrar que o profissional de RH é profissional do conhecimento, e como tal deve se reciclar constantemente – o ideal, para que ele atinja o nível de excelência, é uma reciclagem equivalente a 160 horas de treinamento, por ano.

Outro fato que devemos considerar é o “enxugamento” exagerado da área de RH. Há um dado estatístico informando (1) que em 1995, havia, em média, 169 treinandos para cada profissional de RH; e que, em 2004, passou a ter 196. Nessas condições, as dificuldades dos profissionais de RH são muitas, principalmente para dispor de tempo discricionário. O consultor americano Peter Howes, Chief Executive Officer, da Infohrm Pty Ltd, falando sobre o assunto, diz o seguinte: “No RH não há tempo discricionário suficiente. Deveria ser de 70%”

O profissional de RH, de modo geral, não tem tempo para se dedicar às atividades que realmente são importantes. Precisa de tempo discricionário para identificar o que realmente quer e precisa fazer para atrair, manter e desenvolver as pessoas que desempenham atividades para a organização, conforme o princípio base do sistema de gestão de recursos humanos(2) Como todo profissional do conhecimento, o profissional de RH precisa de tempo, principalmente, para obter o resultado esperado pela organização. Para tanto ele precisa:

· Utilizar métricas para avaliar resultados

· Implementar as diretrizes da Norma ISO 10015.

Métricas para avaliar

“Quem não mede não gerencia. Quem não gerencia não melhora” - Joseph Juran

“Medir é importante: o que não é medido não é gerenciado” - Kaplan e Norton

“Qualquer coisa que vale a pena fazer, vale a pena medir” – Peter Copezio e Debra Morehouse

Conforme sugerem as afirmações acima, o profissional de RH precisa ter um sólido conhecimento sobre métricas, para poder avaliar e valorizar todas as ações relacionadas com o desenvolvimento das competências da organização. No caso específico de T e D, não é mais admissível que se faça apenas a avaliação de reação dos eventos de treinamento. É preciso avaliar a aprendizagem, a mudança de comportamento, os resultados qualitativos e quantitativos e, também o retorno do investimento em treinamento.

Diretrizes da Norma ISO 10015

É bom lembrar a importância de o profissional de RH conhecer as boas práticas que as empresas bem sucedidas estão implementado.
O profissional de RH não pode mais ignorar uma das principais boas práticas de RH - as diretrizes dadas pela Norma ISO 10015. Seguindo as diretrizes da ISO 10015 é relativamente fácil alinhar o plano de Recursos Humanos – People Plan - com o plano global da empresa, e implementar as boas práticas que dão resultados significativos e mensuráveis.

Sebastião Guimarães
guimaraes@tgtreinamento.com.br
http://www.tgtreinamento.com.br/



1. A. Castro - Indo Além do ROI em T e D - Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento: São Paulo - 2005 pág 119.

2. Sistema de gestão de recursos humanos – NP 4427:2004 – pág. 4 – http://www.ipq.pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.