PROGRAMA BALADA DA FADA

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Alckmin entrega 4,5 milhões de kits escolares

 
Kit é composto por caderno, caneta, lápis, lápis de cor, apontador, borracha, régua e mochila

O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Educação, Herman Voorwald, participaram nesta quarta-feira, 2, do evento de entrega simbólica dos 4,5 milhões de kits escolares aos alunos da rede estadual de ensino. Foram investidos R$ 117 milhões na aquisição de materiais de uso pessoal diário e mochilas.

O kit escolar é composto por caderno, caneta, lápis, lápis de cor, apontador, borracha, régua e mochila. Cada kit custou R$ 16,82 ao governo. Para comprar o mesmo conjunto de materiais, os pais teriam um gasto individual de R$ 115. Desde 2007, o governo investiu R$ 444,8 milhões no programa, que já distribuiu mais de 24 milhões de kits e mais de 14 milhões de mochilas.

"Nós estamos entregando para 4,5 milhões de alunos, uma população do tamanho do Uruguai. Cinco mil e duzentas escolas no estado de São Paulo. É uma boa economia para os pais e ao mesmo tempo é importante para os alunos ter o seu material escolar. O caderno novo tem uma motivação, como é gostoso a gente começar um caderno novo", disse Alckmin no evento.

Neste ano serão encaminhados três kits diferentes às escolas, de acordo com o ciclo em que o aluno está matriculado: 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental (Ciclo I); 6º a 9º série do Ensino Fundamental (Ciclo II); 1º ao 3º ano do Ensino Médio, incluindo estudantes matriculados nos programas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Indígena e Educação Especial. Os materiais ficarão armazenados nas unidades até o início do ano letivo, quando serão repassados aos estudantes da rede.

"Priorizar a Educação envolve muitas ações e, entre elas, está a distribuição de material escolar de qualidade para os alunos da rede", disse o secretário Herman Voorwald.

São Paulo Faz Escola e Trato na Escola

Voltado aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, o programa São Paulo Faz Escola é responsável pela produção do Caderno do Professor e do Aluno, material didático distribuído pela Secretaria às escolas da rede.

Pelo Trato na Escola, no início do ano, todas as escolas da rede estadual de ensino receberam verba do governo do Estado para preparar as unidades para a volta às aulas. O investimento de R$ 127,3 milhões possibilitou que os estudantes comecem o ano letivo em ambientes organizados, limpos e revitalizados.

As obras do programa envolvem desde a pintura dos prédios, projetos paisagísticos e pequenos reparos até a higienização das unidades. Cada escola, de acordo com seu tamanho, ganhou kits de pintura compostos por tinta esmalte para ferros, alambrados e barrados; tinta acrílica para alvenaria, piso de quadra e quadro negro; tinta para azulejo; massa corrida e aguarrás.

O investimento nos kits chegou a R$ 33,5 milhões para atender 4.069 escolas. Também foram instalados 86.783 ventiladores em 4.699 unidades de ensino e cortinas nas salas de aula para diminuir a claridade excessiva dos ambientes de 2.008 escolas. Juntas, as ações tiveram custo de R$ 52,5 milhões.

O governo ainda repassou em dezembro de 2010 o valor de R$ 7.900 a cada uma das Associações de Pais e Mestres (APMs), que ficaram encarregadas de contratar serviços de pintura interna, externa, de quadra e de lousa, podendo também adquirir materiais adicionais necessários para realização das obras. O repasse total chegou a R$ 41,3 milhões em todas as 5.217 escolas do Estado.

Mais professores na rede

O Estado de São Paulo terá mais 9.304 mil novos professores efetivos na rede em 2011. O governador Geraldo Alckmin nomeou os candidatos aprovados na prova de aptidão que integra o concurso público destinado ao provimento de cargos efetivos para professor do Ensino Fundamental Ciclo II, Ensino Médio e Educação Especial da rede pública estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.