PROGRAMA BALADA DA FADA

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Guarda Civil Metropolitana recebe 60 pistolas 380 e certifica inspetores

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo recebeu na última segunda-feira, das mãos do secretário de Segurança Urbana de São Paulo, as primeiras armas de um lote de 60 pistolas semi-automáticas, calibre 380, que serão usadas pelos inspetores que ocupam cargos de comando e chefia na corporação. Na cerimônia de entrega das armas, que ocorreu no Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), Belenzinho, foram entregues também os certificados de conclusão do curso de treinamento para habilitar ao uso desses armamentos.

Método Giraldi

A GCM foi capacitada no uso dessas pistolas adotando o Método Giraldi, reconhecido pela Organização das Nações Unidas e pela Cruz Vermelha Internacional como método de preservação da vida e da garantia dos Direitos Humanos, na atuação policial armada. Os guardas habilitados passaram por treinamento no Centro de Treinamento de Tiro do CFSU, que foi adaptado para a instrução do Método Giraldi, com carga horária de 100 horas/aula. No estande, além dos alvos convencionais, foram usados alvos móveis e alvos referentes à metodologia Giraldi. Cada aluno fez 144 disparos, número 200% superior ao previsto na legislação federal. O objetivo foi a análise e estratégia para o uso da arma e do tiro em proteção da vida, em que o disparo da arma é sempre a última de todas as possibilidades, que devem privilegiar o diálogo e o uso de armas não-letais.

Para o coordenador-geral do CFSU, Flávio Domingos Rosa, "as aulas tiveram como objetivo proporcionar noções relativas ao manuseio da pistola, o conhecimento técnico e físico no uso dos equipamentos semi-automáticos, a padronização da conduta e a postura na prestação de um serviço cada vez mais qualitativo e seguro à população. É um avanço técnico, operacional e estratégico para uma corporação capaz e moderna, que se qualifica neste novo manuseio".

Os três primeiros classificados foram o comandante em exercício da GCM, Francisco Maurício Marino, e os inspetores chefes regionais Roberto Molinari e Francisco Carlos Rocha Uchoa, que receberam simbolicamente suas pistolas. "A aquisição dessas armas e a habilitação para os inspetores representam a valorização e o reconhecimento do nosso trabalho, além de uma conquista da corporação", destaca o comandante em exercício e primeiro colocado no curso.

Para o secretário, o investimento em equipamentos modernos e a capacitação e valorização da corporação são a estratégia utilizada para o serviço cada vez mais eficiente e para demonstrar o empenho da administração municipal, propiciando uma corporação cada vez mais preparada para atuar nos programas de competência da GCM e de interesse da comunidade. Na oportunidade, o secretário solicitou ao comando da GCM a previsão no Plano de Metas para planejar a aquisição de novos lotes desse armamento para outros integrantes da GCM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.