PROGRAMA BALADA DA FADA

sábado, 19 de março de 2011

Obama diz que EUA está disposto a ampliar cooperação e comércio com o Brasil

Discurso do presidente americano Barack Obama . Foto: José Paulo Lacerda
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disseneste sábado, 19 de março, que o seu país está disposto a fortalecer a cooperação econômica e ampliar o comércio com o Brasil. “A possibilidade de vender mais produtos e serviços para um mercado que cresce como o Brasil significa criar empregos nos Estados Unidos”, afirmou Obama, em discurso para cerca de 400 empresários brasileiros e norte-americanos durante a Cúpula Empresarial Brasil-Estados unidos. O evento realizado no Centro de Convenções Brasil 21 foi organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos e a Câmara Americana de Comércio (Amcham).

Segundo Obama a cada US$ 1 bilhão de exportações são criados 5 mil empregos para os norte-americanos. Mas o presidente dos Estados Unidos destacou que o Brasil também terá vantagens com o aumento do comércio bilateral. “É uma via de mão dupla, que também criará mais oportunidades para o Brasil.”Ele elogiou a capacidade empreendedora dos brasileiros e lembrou que o fato de o país ser uma democracia estável e uma economia que se destaca no cenário internacionalestimula os investimentos e favorece as parcerias com os Estados Unidos.

No discurso que durou 18minutos, Obama disse os acordos assinados com a presidente Dilma Rousseff antes da cúpula empresarial ampliam a cooperação e reafirmam a disposição dos dois países em remover as barreiras ao comércio e aos investimentos. Ele destacou que os norte-americanos têm interesse em ser parceiros do Brasil na exploração do pré-sal.

“Os Estados Unidos podem ajudar fornecendo tecnologia e, depois, comprando petróleo.”Obama disse que os dois países também podem formar parcerias para a produção de energiarenovável. Outra área de interesse é a infraestrutura e a participação nas obras necessárias para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Para o presidente dos Estados Unidos, o Brasil deixou de ser o país do futuro. “O futuro já chegou”, destacou. Ele acrescentou que o Brasil está se tornando um modelo para o mundo onde, a exemplo dos Estados Unidos, todos os sonhos são possíveis e podem se transformar em realidade. “A democracia ainda é o maior parceiro do progresso e, juntos, podemos realizar o sonho americano”, concluiu Obama.

Antes do discurso do presidente dos Estados Unidos, o presidente da seção americana do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos, John Faraci, defendeu uma parceria comercial entre os dois países. “A visita do presidente Obama demonstra o valor que os Estados Unidos dão ao Brasil. Esperamos que ela seja o início de uma parceria comercial entre os dois países”, declarou Faraci.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.