PROGRAMA BALADA DA FADA

domingo, 15 de abril de 2012

Exame que grava movimentos oculares diagnostica labirintopatias



Vídeonistagmografia é capaz de localizar a lesão vestibular e apontar as causas dos distúrbios que atingem o labirinto.
A vertigem é considerada um dos principais sintomas dos distúrbios que atingem o labirinto, também denominados labirintopatias ou doenças do labirinto. Estes distúrbios prejudicam a audição e o equilíbrio corporal. “O labirinto fica localizado no ouvido interno e é esculpido no osso temporal, um dos ossos que formam o crânio”, explica a médica Rita de Cássia Cassou Guimarães, especialista em otorrinolaringologia e otoneurologia e responsável pelo Setor de Otoneurologia da Unidade Funcional de Otorrinolaringologia do Hospital de Clínicas da UFPR.
Segundo Rita, a vertigem é caracterizada como um tipo de tontura rotatória. O sintoma atinge 33% das pessoas em algum momento da vida e o problema se agrava na terceira idade – o percentual de pessoas com mais de 65 anos com vertigem ultrapassa os 60%. “A vertigem está ligada a perturbação do equilíbrio do corpo e afeta principalmente as mulheres e os idosos. No início a tontura rotatória não é levada a sério, mas mesmo sendo uma sensação momentânea é um sinal de que há a presença de uma doença crônica”, esclarece a otorrinolaringologista.
As labirintopatias podem ser agudas ou crônicas e em casos avançados comprometem a qualidade de vida do doente. Com medo de sofrer alguma crise ou insegurança por causa do problema, o paciente acaba se isolando e evita sair de casa, praticar atividades físicas e manter o contato com outras pessoas. “O suporte da família é essencial neste momento e tão importante quanto este apoio é o diagnóstico correto e o tratamento adequado da doença”, observa Rita, mestre em clínica cirúrgica pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).
As quedas frequentes são outra queixa dos pacientes com labirintopatias, especialmente entre os idosos. A vertigem é a grande culpada nestes casos, pois os distúrbios vestibulares dificultam o controle postural, provocando instabilidade e desequilíbrio. “Na terceira idade as quedas são mais preocupantes, pois podem causar ferimentos mais graves, incluindo a fratura de ossos. Com receio de cair, muitos idosos acabam ficando sedentários pela ausência de movimentos, implicando no surgimento de outros males, como o excesso de peso”, destaca.
O ideal é procurar ajuda médica assim que os sintomas surgirem. Além da vertigem, zumbido, náuseas, vômitos, instabilidade e problemas auditivos fazem parte dos sintomas que afetam quem sofre com as doenças do labirinto. “A tontura pode ser o indício de outras doenças, mas em 85% dos casos o diagnóstico é de algum tipo de labirintopatia. Entre as causas estão infecções, tumores, envelhecimento, doenças metabólicas, distúrbios vasculares, alergias e deficiências nutricionais, principalmente a ausência de ferro e zinco no organismo”, enfatiza.
Para identificar o problema, o especialista leva em consideração o histórico clínico do paciente e analisa a duração, intensidade e frequência das vertigens. A avaliação otoneurológica e exames físicos complementam o diagnóstico. “É realizada uma investigação rigorosa para saber de maneira exata o que está provocando os sintomas. Mais do que isso, o médico busca verificar o que levou o paciente a esta condição. O paciente é avaliado ainda por meio de exames de imagem como tomografia computadorizada e  ressonância magnética e exames funcionais como a vídeonistagmografia”, detalha.
A vídeonistagmografia é um sistema de análise computadorizada utilizado para avaliar os distúrbios do equilíbrio corporal. Os movimentos oculares são examinados e registrados em vídeo, permitindo a localização da lesão vestibular e o diagnóstico da causa. “A vídeonistagmografia permite uma análise mais rápida e assertiva, já que os cálculos são feitos automaticamente. No Paraná existe apenas um aparelho com este sistema, considerado de extrema importância em casos de distúrbios do equilíbrio”, acrescenta Rita, coordenadora do Grupo de Informação a Pessoas com Zumbido de Curitiba (GIPZ Curitiba).
Dra. Rita de Cássia Cassou Guimarães (CRM 9009)
Otorrinolaringologista, otoneurologista, mestre em clínica cirúrgica pela UFPR
Blog: http://canaldoouvido.blogspot.com
Email: ritaguimaraescwb@gmail.com
Telefone:              41-3225-1665        
Endereço: Rua João Manoel, 304 Térreo, Bairro São Francisco, Curitiba PR.



Curso online de Enfermagem do Trabalho

ZÉ DO PAPEL E LAMPIÃO



(Archimedes Marques)

Em meados de outubro de 1930 quando o bando de Lampião entrou na cidade de Aquidabã, em Sergipe, o ínfimo contingente policial fugiu às pressas deixando as pessoas totalmente desprotegidas e nas garras dos cangaceiros. Aquele era o retrato da força policial sergipana do governador Eronildes de Carvalho, filho de Antônio Caixeiro, sem dúvidas, dos maiores coiteiros que o famigerado Lampião teve na sua vida bandida por cerca de 20 anos no nordeste brasileiro.

Jose Custódio de Oliveira, o Zé do Papel, em virtude de ser uma pessoa aparentemente de classe privilegiada, de classe média para rica, um pecuarista e proprietário da Fazenda Pai Joaquim, fora abordado por Lampião e dentro da sua residência na cidade de Aquidabã, além de certa quantidade de dinheiro, fora encontrado dez balas de fuzil em uma cômoda, sendo daí interpelado para contar onde estava a arma, pois pela lógica, havendo munição haveria a consequente arma, oportunidade em que o trêmulo cidadão afirmou ter emprestado o mosquetão para o juiz de direito daquela comarca, Dr. Juarez Figueiredo.

Tal fato, provavelmente incutiu na mente de Lampião que a arma fora passada ao juiz, justamente para que ele se defendesse do seu bando, daí, enraivecido com o fato, o chefe do cangaço, irracional e impiedosamente arrastou Zé do Papel ruas acima e em frente a um armazém próximo da praça principal da cidade decepou à golpe de faca a sua orelha, depois do bando ter praticado saques no comércio local e tantos outros crimes de torturas contra pessoas amedrontadas, dentre os quais o assassinato de um débil mental de nome Souza de Manoel do Norte, mais conhecido por Abestalhado, que se fez de corajoso na sua insanidade sacando um pequeno canivete com o qual cortava fumo de corda para fazer seu cigarro de palha e com tal arma teria desafiado os cangaceiros. Diante do fato, o sanguinário Zé Baiano partiu em verdadeira fúria contra o pobre do doido ceifando a sua vida a golpes do seu longo e afilhadismo punhal de 70 centímetros, em luta totalmente desigual de um ínfimo canivete em mãos de um doente mental contra um longo punhal em mãos de um feroz e impiedoso cangaceiro. Não satisfeito com o bárbaro assassinato, Zé Baiano abriu a barriga da pobre vítima para retirar gordura e untar as suas armas de fogo. Tal pratica era useira e vezeira quando os cangaceiros eliminavam as suas vítimas e queriam impressionar a população para serem mais respeitados ainda do que já eram.

Consta que Zé do Papel na agonia de sentir o sangue escorrendo pescoço abaixo ainda foi obrigado a beber um litro de cachaça que ao mesmo tempo era usada para estancar o seu ferimento e aliviar a sua dor. Em meio a esse místico de humilhação, crueldade, sangue e cachaça o endiabrado cangaceiro Zé Baiano pegou o roceiro Eduardo Melo e após espancá-lo com o coice do seu fuzil, também cortou a sua orelha seguindo o exemplo do seu chefe. Zé do Papel ainda viveu por muito tempo e viu o cangaço se acabar e seu carrasco morrer, entretanto, o Eduardo Melo não teve a mesma sorte e faleceu cerca de um mês depois da perversidade sofrida.

Assim, Aquidabã viveu o maior dia de terror da sua história. Assim Aquidabã fora vítima das atrocidades dos cangaceiros e para sempre pelos seus sucessores moradores aquele dia será lembrado.  Assim, Aquidabã fora vítima também do próprio Estado que deveria ser o protetor do povo, mas que estava ausente. Ausente pela covardia dos seus policiais que fugiram mato adentro sem esboçarem reação alguma. Ausente pela pouca ou nenhuma vontade política de verdadeiramente se combater o cangaço nas nossas terras.

De tudo isso, por incrível que pareça, a Justiça de Aquidabã, sequer abriu Processo Criminal contra Lampião e seu bando. Teria o juiz Juarez Figueiredo, o mesmo que estava com o fuzil emprestado de Zé do Papel, responsável indireto pela decepação da sua orelha se acovardado para não providenciar qualquer procedimento judicial contra Lampião?...

Por outro lado, em igual modo de impunidade falando, dizem – e a história de certo modo comprova –  que a polícia de Sergipe era uma polícia de “faz de conta”: Fazia de conta que caçava Lampião, e, Lampião por sua vez, fazia de conta que era caçado.

(Delegado de Policia Civil no Estado de Sergipe. Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Publica pela Universidade Federal de Sergipe) archimedes-marques@bol.com.br

Curso online de Contextos Brasileiros

Qualificação profissional para os moradores de Guaianases


Inauguração do projeto São Paulo Costurando o Futuro uma oportunidade de uma profissionalização, e mão-de-obra qualificada para as empresas de confecção

Na tarde de (27/03) foi inaugurado oficialmente o projeto São Paulo Costurando o Futuro em Guaianases, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho - Semdet, no CEU Jambeiro.

Para abrir a solenidade houve a apresentação de balé da Professora Melissa do CEU Jambeiro, e logo depois foi apresentado um vídeo que contava um pouco do projeto e suas conquistas. Para compor a mesa foi chamado: a gestora do CEU Jambeiro, Valquiria Oliveira de Assis, representante da Diretoria Regional de Educação - DRE, Lucimeire Cabral de Santana Freitas, o subprefeito de Guaianases em exercício, Eugênio Cesário Martins, professora do Senai, Cecília Portezan, e o secretario adjunto da Semdet, Luiz Antonio Medeiros.

A profª Cecília falou que sua expectativa é de trazer novos aprendizados para as pessoas do local. Em seguida a representante da DRE, Lucimeire comentou a felicidade que é para a diretoria apoiar este projeto, e a relevância do mesmo para o local. E que se identifica com a missão dos CEU’s que é de proporcionar oportunidades culturais e esportivas para a nossa comunidade “Os CEU’s são pólos de desenvolvimento local, e esta iniciativa tem tudo a ver com nossa missão. Parabenizo a todos e desejo sucesso em nossa parceria”, diz.

Já a gestora do CEU Jambeiro, acredita que este é o caminho para um futuro melhor “Precisamos pensar em algo para o futuro, buscar o sucesso. Estamos adubando este terreno para colher um futuro melhor”. O subprefeito em exercício, Martins, agradeceu ao José Alexandre Sanches pela idealização deste projeto, e comentou que o que era sonho, hoje é uma realidade. Também aproveitou a oportunidade para agradecer a todos que colaboraram, direta ou indiretamente, para que o evento acontecesse.

O secretario adjunto, Medeiros, apresentou o projeto com uma visão de desenvolvimento para a Zona Leste “A zona leste não pode ser só (bairros) dormitório, temos que trabalhar próximo de nossas casas, a zona leste tem que ter indústria”, em destaque agradeceu a presença do presidente da Associação Brasileira de Técnicos Têxteis, Reinaldo Rozzatti, e do conselheiro consultivo, Julio Caetano Cardoso. Ainda completou dizendo que este é o início de melhorias para a região “Facilitar cursos profissionalizantes de graça para classe trabalhadora. Vamos lutar para trazer outros cursos”, diz Medeiros.

Segundo o idealizador do projeto, José Alexandre Sanches, o Costurando o Futuro surgiu a partir de uma pesquisa realizada pela (Escola de artes, Ciências e Humanidades) – EACH-USP, que identificou um grande número de mulheres que precisavam de uma oportunidade e permitisse o acesso ao mercado de trabalho “A confecção surgiu como uma dessas possibilidades. A Prefeitura de São Paulo procurou organizar essas escolas na Zona Leste, nas regiões mais necessitadas, com vulnerabilidade, onde existe um número grande de pessoas desempregadas e precisam ter esta oportunidade”. Qualificar é uma das metas, ajudando as pessoas que estão fora do mercado de trabalho. De acordo com Medeiros na zona leste a indústria de confecção vem crescendo muito, “Estamos apoiando este curso que vai fazer a inclusão e formalizar essas pessoas que precisam” diz ele.

Outro benefício é o desenvolvimento do bairro, de acordo com Sanches algumas empresas estão se deslocando para a Zona Leste, trazendo sua unidade. No bairro Itaim Paulista já existe uma empresa de camisaria que veio de Indaiatuba, criando cerca de 100 empregos. Para Sanches é a primeira de muitas que ainda virão. Além das pequenas empresas de confecção que necessitam de mão-de-obra devidamente qualificada.

Este projeto tem a parceria com 7 subprefeituras da zona leste, são elas: Itaim Paulista, São Miguel, Itaquera, Vila Prudente, Cidade Tiradentes, São Mateus e Guaianases. Carga horária de 160 horas, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 12h00 ou 13h00 às 17h00. A capacitação das costureiras  será feita em oficinas-escolas implantadas nas subprefeituras, e em Guaianases será no  CEU – (Centro Educacional Unificado) Jambeiro (Avenida José Pinheiro Borges, 60).

O projeto é uma realização da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho em parceria com a Subprefeitura Guaianases, Diretoria Regional de educação, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae-SP, Escola de artes, Ciências e Humanidades – EACH-USP, Singer do Brasil.

Cursos Online na área de Concurso

Última operação cata-bagulho do mês acontece neste sábado (31)


A equipe de limpeza pública da Subprefeitura Guaianases recolheu cerca de 83,05 toneladas de objetos inservíveis

A última operação cata-bagulho vai acontecer neste sábado (31), das 7h00 às 11h00, em que 7 caminhões vão passar no Jd. Fanganielo e Lajeado, no quadrilátero das ruas: Profº Cosme Deodato Tadeu, Catarina Cubas, Gaspar Dias de Ataíde, Amada Cabralina. Não são recolhidos lixos orgânicos e entulho, apenas eletrodomésticos sem uso, colchões velhos, entre outros.

Neste mês de março a equipe de limpeza pública da Subprefeitura Guaianases recolheu cerca de 83,05 toneladas pelos bairros de Guaianases. Para solicitar este serviço basta fazer um SAC pelo telefone 156, site http://sac.prefeitura.sp.gov.br/  ou na praça de atendimento desta subprefeitura – Estrada Itaquera Guaianases, 2565.


SERVIÇO
Data: 31/03/12
Horário: 7h00 às 12h00
Local:
Jd. Franganielo e Lageado
Quadrilátero: Rua Profº Cosme Deodato Tadeu
                      Rua Catarina Cubas
                      Rua Gaspar Dias de Ataíde
                      Rua Armada Cabralina


Curso online de Avaliação de Impacto Ambiental

Antiga estação de Guaianases será revitalizada



Já começaram as obras de reforma da antiga estação para receber a Praça de Atendimento da Subprefeitura Guaianases e o primeiro CAT de Guaianases

A antiga estação ferroviária de Guaianases terá uma cara nova, é que já começaram as obras de revitalização do local, onde será instalado a Praça de Atendimento da Subprefeitura Guaianases e o primeiro Centro de Atendimento ao Trabalhador – CAT.

A obra tem duração de dois meses, em que o local será totalmente restaurado com readequação da área de aproximadamente 501, 80 m², para funcionamento dos atendimentos. Antes o espaço da antiga estação sofria com vandalismo, e depredação do mesmo, mas agora será um local dedicado aos munícipes.

Esta é uma realização da Subprefeitura Guaianases através de emenda parlamentar e parceria com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho.


Curso online de Avaliação de Impacto Ambiental

Guaianases recebe programa de Coleta Seletiva


 Subprefeitura Guaianases, em breve, terá locais apropriados para a coleta de lixo reciclável. Por enquanto, foram indicados 14 pontos de fácil acesso à população, mas os munícipes também podem sugerir lugares para que os contêiners sejam instalados


Muita gente tem o hábito de separar, em suas casas, em sacos diferentes, o lixo reciclável do lixo orgânico. Acontece que na hora do descarte acaba colocando, lado a lado, os diferentes sacos. E o recolhimento é feito, três vezes por semana, pelos caminhões da coleta comum, que levam tudo para aterros.

Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Serviços, por meio do Departamento de Limpeza Urbana, na nova contratação dos serviços de varrição da Cidade, acrescentou a inclusão do consórcio São Paulo Ambiental que tem a responsabilidade de implantar 1.500 Pontos de Entrega Voluntária para Materiais Recicláveis – PEV’s em toda a Cidade, inclusive em nossos bairros. Trata-se de um complemento da Prefeitura em relação a outro programa já existente: o Programa Socioambiental de Coleta Seletiva.

Os locais onde serão instalados os contêiners, com capacidade de até 2.500 litros, devem estar em lugares visíveis, de fácil acesso à população e ao caminhão da coleta seletiva, que fará a coleta uma vez por semana e levado para a central de triagem mais próxima.

Neste “grande cesto”, a população pode depositar somente os materiais recicláveis, como, por exemplo: objetos de ferro, plástico e vidro, como: caixas de pizza, vidros de conserva, caixas longa vida de suco, leite, garrafas, caixas de papelão, sacolinhas plásticas, jornais e revistas velhas, garrafas pet, vidros quebrados e folhas de papel em geral. Os materiais orgânicos, como, por exemplo, restos de comida, tecidos e papel higiênico, devem ser colocados no cesto de lixo em casa e colocados para a coleta comum, como de costume.

Guaianases já indicou 14 locais para a implantação dos PEV’s

A Subprefeitura Guaianases, com o apoio do Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, instituído em 1993, como um órgão consultivo e deliberativo em questões referentes à preservação, conservação, defesa, recuperação e melhoria do meio ambiente natural, busca parceiros que possam ceder espaços para a instalação dos contêiners, com capacidade de até 2.500 litros.

Os locais, que podem estar sujeitos a alguma administração privada ou pública, como escolas, parques, telecentros e unidades básicas de saúde são, por exemplo, locais potencialmente adequados à instalação dos PEV’s pois são locais de fácil acesso aos usuários. Esta ação atende a Meta 80 da Agenda 2012 da Prefeitura de SP.

A Subprefeitura Guaianases, por meio da Supervisão Técnica de Limpeza, ligada à Coordenadoria de Projetos e Obras (CPO) já indicou 14 locais, onde poderão ser instalados os PEV’s na região. Veja relação abaixo:

Unidade de Áreas Verdes da Subprefeitura – Rua Otelo Augusto Ribeiro, 582
Parque Lajeado – Rua Antonio Thadeo, s/n
Parque Guaratiba – Rua Salvador Gianetti
Mercado Municipal de Guaianases – Praça Getúlio Vargas
Unidades de Saúde:
AE São Carlos – Rua Macabu, 35
CTA Guaianases – Estrada do LAgeado Velho, 96
UBS Fanganielo – Rua Francisco Nunes Cubas, 60
UBS Guaianases II – Rua Comandante Carlos Rhul, 189
UBS Jardim Robru – Av. Nordestina, 5593
UBS Prefeito Celso Daniel – Rua Jorge Maraccini Ponfilho, 210
UBS Vila Chabilândia – estrada do Lageado Velho, 96
UBS Vila Cosmopolita – Rua Aldeia Maria, 258
AMA Juscelino – Rua Utaro Kanai, 286.

O munícipe também pode sugerir locais para serem instalados os contêiners, basta se dirigir até a Subprefeitura Guaianases (Estrada Itaquera Guaianases, 2565), ou pelo telefone 2557-7099 e falar com a geóloga Stella.


Curso online de Avaliação de Impacto Ambiental

CEU Jambeiro exibe peça infantil

Teatro infantil faz parte do programa CEU é SHOW Nesta sexta feira (30/03) o CEU Jambeiro (Av. José Pinheiro Borges, 60), vai receber a peça “Quem tem medo do Curupira” que será exibida em dois horários 09h30 e às 13h30. A trama é um musical, com texto e direção do cantor e compositor Zeca Baleiro, em que vai trará dos personagens do folclore brasileiro como Saci, Caipora, Boitatá, Curupira e Iara indo se aventurar numa viagem até a cidade. Quem for conferir a peça vai ver aparições de um índio pop e aculturado, um lenhador cético e um pé de jacarandá fugitivo. A programação faz parte do projeto CEU é SHOW que oportuniza o acesso a cultura de diversas formas, a retirada de ingressos será na administração geral do CEU Jambeiro. SERVIÇO Projeto CEU é Show – Quem tem medo do Curupira Data: 30/03/12 Horário: 09h30 e às 13h30 Censura: Livre Retirada de Convites na Adm do CEU Jambeiro, ( Av. José Pinheiro Borges, 60)



  Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

quarta-feira, 11 de abril de 2012

CONCURSO DA MAIS BELA IDOSA DE SP ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS


Candidatas podem se inscrever até 27 de abril no Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia; vencedora será conhecida em maio, mês das mães

Maria Conceição Liberato de Melo, 68,
vencedora EM 2011 - Foto: Arquivo
A Secretaria de Estado da Saúde abre nesta segunda-feira, 2 de abril, inscrições para o concurso que irá escolher a mais bela idosa da cidade de São Paulo. A vencedora será conhecida no dia 10 de maio, em comemoração ao Dia das Mães, em evento no Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia (IPGG).
As interessadas devem residir na capital paulista e ter 60 anos ou mais. Além da eleição da mais bela da capital, o concurso premia também idosas em outras cinco categorias: Miss Timidez, Miss Sorriso, Miss Simpatia, Miss Beleza e Miss Elegância.
No dia 2 de maio haverá a seleção das finalistas. Além disso, estão previstos três ensaios antes da premiação, programados para os dias 7, 9 e também em 10 de maio, dia da eleição da vencedora. No dia seguinte ao concurso será realizado um grande baile com a participação das participantes do concurso.
As inscrições para o concurso da mais bela idosa de São Paulo podem ser feitas até 27 de abril, pelos telefones             (11) 2030-4035       e             (11) 2030-4003       ou pessoalmente, das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira.
“A cada ano o concurso da mais bela idosa recebe um volume maior de inscrições. É uma grande oportunidade de valorizar a beleza da vida na maturidade”, afirma o diretor de convivência do IPGG, Nilton Guedes.
O IPGG está localizado na Praça Aleixo Monteiro Mafra, 34, em São Miguel Paulista, zona leste da capital.


Curso online de Atividade Física e Envelhecimento

GUAIANASES MARCA ÁREAS DE RISCO PARA EVITAR CONSTRUÇÕES IRREGULARES


Defesa Civil alerta a população sobre assentamento irregular
Foram cerca de 42 placas implantadas para orientar a população sobre as áreas de risco





























A  Defesa Civil da Subprefeitura Guaianases trabalhou em 23 pontos de Guaianases para alertar a população sobre a importância de não construir em áreas de risco. Além das orientações foram instaladas cerca de 42 placas anunciando que será sujeito a detenção, multa e demolição, tudo para deixar a população ciente das providências tomadas pelo poder público.

Esta ação também faz parte da Operação Defesa das Águas, um conjunto de medidas da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado para controlar, recuperar e urbanizar os mananciais, as matas, córregos e nascentes, na Cidade de São Paulo. Para denunciar qualquer tipo de degradação a natureza, denuncie – GCM 153.

Segue a lista de endereços:

Rua: Marinho Arcanjo dos Santos com Rua Baltazar Barroso
- 02 Placas com Remoção
Rua: Profª Maria Vera Lombardi Siqueira com Rua Teotônio Pavão
- 02 Placas com Remoção
Rua: Leonardo Donati com Rua Horácio Quiroga
- 02 Placas com Remoção
Rua: Teotônio Pavão
- 02 Placas com Remoção
Rua: Estanislau de Toledo piza
- 02 Placas com Remoção
Rua: Festa Chinesa
- 01 Placas com Remoção
Rua: Aline
- 01 Placas com Remoção
Rua: Santa Etelvina 3M
- 02 Placas com Remoção
Rua: Aldeia dos Machacalis
- 02 Placas com Remoção
Rua: Maria Amélia de Assunção
- 01 Placas com Remoção
Rua: Leopoldo Deslile
- 02 Placas com Remoção
Rua: Camurça – Jardim Lourdes
- 03 Placas com Remoção
Rua: Gabriel Menalt com Córrego Florista
- 02 Placas com Remoção
Rua: Da Paz – Final
- 03 Placas com Remoção
Rua: Cotinga
- 01 Placas com Remoção
Rua: Codorna
- 01 Placas com Remoção
Rua: Gonçalves Castelão
- 02 Placas com Remoção
Rua: 29 de Janeiro
- 01 Placas com Remoção
Rua: Wilson Ackel – Placas com Remoção
- 02 Placas com Remoção
Rua: Alexandre Legrand
- 02 Placas com Remoção
Rua: Andrea Raselius
- 02 Placas com Remoção
Rua: Frei Bernardo de Nantes
- 02 Placas com Remoção
Rua Moreira Neto c/ Ibama
- 02 placas com  Remoção

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

Palestra gratuita no Tatuapé esclarece dúvidas sobre a Osteoartrose


No dia 14 de abril, a Academia Estação do Exercício e Saúde promoverá uma palestra gratuita para esclarecer as causas, consequências e tratamentos para a Osteoartrose – a doença mais comum na população a partir dos 50 anos. A apresentação acontecerá das 10h às 11h30 nas dependências da academia, será aberta ao público e ficará a cargo da médica geriatra Dra. Janise Lana Leite (CRM/SP 126.876).

Instalada há dois anos ao lado do Metrô Tatuapé, a Estação do Exercício é a única Academia da Zona Leste de SP a oferecer musculação para idosos e grupos especiais com supervisão médica, equipamentos específicos e atendimento personalizado. É uma das poucas academias do país certificadas pelo Instituto Biodelta com o CMS – Certificado de Musculação Supervisionada. O selo garante o cumprimento de protocolos científicos para a realização dos exercícios.

Na palestra, Dra. Janise esclarecerá os mitos e verdades sobre a Osteoartrose, além de explicar a importância de se tratar os indivíduos portadores da patologia. A especialista ensina que é possível lançar mão de tratamentos não farmacológicos para controlar a dor e devolver aos indivíduos a independência dos movimentos. Desta forma, as pessoas terão um envelhecimento mais bem sucedido.

AGENDA:
Palestra sobre Osteoartrose na Academia Estação do Exercício
Dia 14 de abril de 2012, das 10h às 11h30.
Local: Rua Cel. Joaquim Antonio Dias, 123 – Tatuapé – São Paulo.
Informações: 2532-2030 ou www.estacaodoexercicio.com.br
Entrada Gratuita, com vagas limitadas. Favor ligar para confirmar presença.


Dra. Janise Lana Leite, médica geriatra e diretora da Academia Estação do Exercício e Saúde – especializada em musculação para idosos. Contato: janise@estacaodoexercicio.com.br

SOBRE A ACADEMIA
A Estação do Exercício e Saúde foi criada por médicos e educadores físicos com especialização em Atividade Física, reabilitação e envelhecimento. Suas instalações contam com equipamentos especialmente desenvolvidos para o público idoso e grupos especiais, e todas as atividades são supervisionadas por profissionais qualificados. Para conhecer mais sobre a academia, visite o site www.estacaodoexercicio.com.br


Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

Lei Cidade Limpa continua ativa em Guaianases



Subprefeitura Guaianases atuou recolhendo cerca de 175 banners irregulares e de 30.036  lambe-lambes que contrapõem a lei


A equipe de fiscalização iniciou o ano de 2012 visando o cumprimento da lei Cidade Limpa, criada em 2007 com o objetivo de eliminar a poluição visual em São Paulo, ela veta anúncios em táxis, ônibus, bicicletas, além de proibir publicidades externas, colaborando para melhor embelezamento das ruas, ajudando na identificação do comércio. E no mês de março a Subprefeitura Guaianases realizou a fiscalização pelo bairro recolhendo cerca de 316 propagandas irregulares, dentre faixas, placas, banners e cavaletes, e de 30.036 lambe-lambe, pequenos anúncios colados em áreas públicas. Durante as operações contamos com a presença da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e a Polícia Militar (PM), quem descumprir a lei será multado no valor de R$ 10 mil, podendo ter o valor duplicado caso persistam em manter os anúncios publicitários irregularmente.



Curso online de Ações Constitucionais

Melhor fase para começar a cuidar de pele é a juventude




























Cuidados precoces retardam o envelhecimento e garantem uma pele bonita e saudável.

No dia 13 de abril é comemorado o Dia dos Jovens. A juventude é a época na qual a pele está na sua melhor fase. O que não dá carta branca para ficar sem os cuidados necessários para mantê-la saudável. “O envelhecimento deixa marcas visíveis, que incomodam principalmente as mulheres. Para ter uma pele com aspecto jovem e bonito amanhã, é fundamental começar a cuidar dela hoje”, destaca o empresário Ricardo Prado Filho, membro diretor do grupo Pura Vida.

A partir dos 20 anos é preciso investir em cosméticos, tratamentos dermatológicos e outras estratégias para manter a pele lisa e sem manchas. Neste período, as reclamações mais comuns são em relação ao surgimento de acne, excesso de oleosidade e dilatação dos poros. Isto ocorre por causa das alterações hormonais desta fase. “No auge da juventude a pele é firme e macia, mas se não houver prevenção o envelhecimento causará danos na derme”, aponta Ricardo, que gerencia a Skin Shop Cosmetics, loja que faz parte do grupo.

O ideal é lavar o rosto com um sabonete hidratante, que possua componentes especiais em sua fórmula. Uma boa dica é o Sabonete Lama do Mar Morto, da Aromatics, marca comercializada com exclusividade no Brasil pela Skin Shop Cosmetics. “O sabonete proporciona os benefícios da lama encontrada no Mar Morto. Fabricado em Israel, o produto limpa e purifica profundamente a pele. Além disso, melhora a circulação do sangue e alivia dores musculares. O sabonete pode ser usado em todo o corpo e o enxágue deve ser feito com água corrente”, ensina.

Para a face, ainda é recomendada a esfoliação e hidratação. A Máscara Facial Purificante do Mar Morto, também da Aromatics, possui uma fórmula enriquecida com vitamina E, óleo de abacate, lavanda e minerais do Mar Morto. “A máscara absorve a oleosidade, minimiza a tensão facial e ajuda na prevenção do envelhecimento. O produto pode ser usado diariamente. A máscara deve ser aplicada em todo o rosto e agir por 15 minutos. O enxágue é com água morna e uma loção hidratante facial finaliza o processo”, explica.

O restante do corpo pode ser beneficiado com outro cosmético da Aromatics, a Lama Corporal do Mar Morto Black. A principal finalidade da lama é retardar a ação do tempo. Outros benefícios são a estimulação da circulação sanguínea, a minimização de dores articulares e reumáticas e a redução da produção de radicais livres. “Os nutrientes presente na lama ainda removem as células mortas, favorecem a produção de colágeno e contribuem com o sistema imunológico da pele”, enfatiza Leopoldo Glustak, outro membro diretor do grupo Pura Vida.

Os polifenóis da vinhoterapia são outra arma eficaz no combate ao envelhecimento. A marca Uvamia, vendida na Skin Shop Cosmetics, traz ao Brasil o Creme Hidratante Facial Uvamia. Com ação antioxidante e regeneradora, o produto conta com o poder hidratante e nutritivo da Manteiga de Karité. “A pele fica com uma sensação agradável e uma textura suave. O hidratante pode ser usado diariamente e garante elasticidade, firmeza, vitalidade e proteção contra as agressões do meio ambiente. O creme ajuda a suavizar as rugas e a reduzir as linhas de expressão”, observa Glustak.

Para não perder nenhum benefício dos cosméticos, o melhor período de aplicação é durante a noite, quando a pele está apta a absorver todos os nutrientes. Sem contar que a noite não há ação do sol e o contato com o vento e a poluição é bem menor. “O uso de filtro solar é essencial em qualquer idade para não prejudicar a derme e evitar o surgimento de sérias doenças, como o câncer. Mesmo que não esteja sol, o filtro deve ser utilizado. O consumo de tabaco e álcool deve ser evitado, pois agride a pele e acelera o processo de envelhecimento”, acrescenta Ricardo.

Serviço: Grupo Pura Vida
Tel: 41 – 3045-8584
Email: ricardo.prado@grupopuravida.com.br
Site: www.grupopuravida.com.br
Loja Virtual: http://www.skinshopcosmetics.com.br
Endereço: Rua Marechal Deodoro 51 conj 1202B - Centro – Curitiba PR.


Curso online de Auriculoterapia na Estética Facial

Antiga estação de Guaianases será revitalizada





Já começaram as obras de reforma da antiga estação para receber a Praça de Atendimento da Subprefeitura Guaianases e o primeiro CAT de Guaianases

A antiga estação ferroviária de Guaianases terá uma cara nova, é que já começaram as obras de revitalização do local, onde será instalado a Praça de Atendimento da Subprefeitura Guaianases e o primeiro Centro de Atendimento ao Trabalhador – CAT.


























A obra tem duração de dois meses, em que o local será totalmente restaurado com readequação da área de aproximadamente 501, 80 m², para funcionamento dos atendimentos. Antes o espaço da antiga estação sofria com vandalismo, e depredação do mesmo, mas agora será um local dedicado aos munícipes.

Esta é uma realização da Subprefeitura Guaianases através de emenda parlamentar e parceria com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho.


Cursos Online na área de Concurso

quarta-feira, 4 de abril de 2012

AJUDE DEMERVAL A COMPRAR A SUA CADEIRA ESPECIAL


Dna. Lourdes (Mãe), Demerval, ao fundo a irmã e Dorival (irmão) - Foto: Claudia Souza/AE Carvalho





























Demerval de Jesus Silva Cano é morador da Vila Campanela na Cidade A. E. Carvalho tem 47 anos e sofre de mobilidade reduzida devido a um diagnóstico de “paralisia cerebral”. Através da Ong União Bem Estar, sediada no bairro, tomamos conhecimento do seu problema.


A família de Demerval faz o possível para mantê-lo com o máximo de conforto. Sua mãe Dna. Lourdes, em idade avançada é quem cuida dos seus cuidados pessoais, alimentação, acompanhamento ao médico e tudo o que Demerval necessita. Seu irmão Dorival é o braço forte da família e que auxilia Dna. Lourdes na hora de tirar o irmão da cama e transportá-lo pela casa, localizada no alto da construção do terreno, que abriga várias casas e por isso, tem muitas escadas.


Demerval precisa urgentemente de uma cadeira especial que pode mantê-lo em pé para que o seu sangue circule e assim diminua os inchaços no seu corpo. O modelo da cadeira, encontrado em orçamento pelo seu irmão é “Freedom Stand-Up Manual” e foi encontrada na loja Freedom (www.freedom.ind.br), no valor de R$5.557,24. Por isso, estamos fazendo uma campanha para a aquisição da referida cadeira, que poderá aliviar o seu sofrimento.


Mesmo com os pés muito inchados e sentindo dores, Demerval é um exemplo de vida. Recebeu-nos com um sorriso nos lábios, conversou conosco e mostrou-nos os seus quadros que foram pintados com o uso da boca. Sua mãe disse que está muito indisposta e cheia de atribuições e por isso não está dando conta de ajudar o filho para que ele possa pintar. “Eu tenho que ficar o tempo todo perto, ajudando a trocar os pincéis, a água e as telas e com tanta coisa para fazer, não posso ajudá-lo, por isso ele não tem pintado ultimamente.” Declarou Dna. Lourdes, mostrando orgulhosa os quadros pintados por Demerval.


"A cadeira irá ajudar na reabilitação da saúde de Demerval, na parte linfática, auxiliando a drenagem de líquidos para ele parar de inchar, na função gastrointestinal, aliviará as dores na uretra, porque com o peso do intestino ela está fechando, dificultando na hora de urinar".  Disse Dorival.


Se você quiser colaborar com a família de Demerval na aquisição dessa cadeira tão necessária, pode doar qualquer valor na conta: Banco Itaú – Agência 6876 – conta 06523-3 ou se conhecer alguém que possa fazer uma doação de um equipamento como este, ligue para o Tel: 11 2041-1354.


Conheça Demerval e a sua família no vídeo que gravamos no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=VjfZ2QYEjrg





Reportagem: Claudia Souza/AE Carvalho.com.br