PROGRAMA BALADA DA FADA

domingo, 15 de abril de 2012

Qualificação profissional para os moradores de Guaianases


Inauguração do projeto São Paulo Costurando o Futuro uma oportunidade de uma profissionalização, e mão-de-obra qualificada para as empresas de confecção

Na tarde de (27/03) foi inaugurado oficialmente o projeto São Paulo Costurando o Futuro em Guaianases, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho - Semdet, no CEU Jambeiro.

Para abrir a solenidade houve a apresentação de balé da Professora Melissa do CEU Jambeiro, e logo depois foi apresentado um vídeo que contava um pouco do projeto e suas conquistas. Para compor a mesa foi chamado: a gestora do CEU Jambeiro, Valquiria Oliveira de Assis, representante da Diretoria Regional de Educação - DRE, Lucimeire Cabral de Santana Freitas, o subprefeito de Guaianases em exercício, Eugênio Cesário Martins, professora do Senai, Cecília Portezan, e o secretario adjunto da Semdet, Luiz Antonio Medeiros.

A profª Cecília falou que sua expectativa é de trazer novos aprendizados para as pessoas do local. Em seguida a representante da DRE, Lucimeire comentou a felicidade que é para a diretoria apoiar este projeto, e a relevância do mesmo para o local. E que se identifica com a missão dos CEU’s que é de proporcionar oportunidades culturais e esportivas para a nossa comunidade “Os CEU’s são pólos de desenvolvimento local, e esta iniciativa tem tudo a ver com nossa missão. Parabenizo a todos e desejo sucesso em nossa parceria”, diz.

Já a gestora do CEU Jambeiro, acredita que este é o caminho para um futuro melhor “Precisamos pensar em algo para o futuro, buscar o sucesso. Estamos adubando este terreno para colher um futuro melhor”. O subprefeito em exercício, Martins, agradeceu ao José Alexandre Sanches pela idealização deste projeto, e comentou que o que era sonho, hoje é uma realidade. Também aproveitou a oportunidade para agradecer a todos que colaboraram, direta ou indiretamente, para que o evento acontecesse.

O secretario adjunto, Medeiros, apresentou o projeto com uma visão de desenvolvimento para a Zona Leste “A zona leste não pode ser só (bairros) dormitório, temos que trabalhar próximo de nossas casas, a zona leste tem que ter indústria”, em destaque agradeceu a presença do presidente da Associação Brasileira de Técnicos Têxteis, Reinaldo Rozzatti, e do conselheiro consultivo, Julio Caetano Cardoso. Ainda completou dizendo que este é o início de melhorias para a região “Facilitar cursos profissionalizantes de graça para classe trabalhadora. Vamos lutar para trazer outros cursos”, diz Medeiros.

Segundo o idealizador do projeto, José Alexandre Sanches, o Costurando o Futuro surgiu a partir de uma pesquisa realizada pela (Escola de artes, Ciências e Humanidades) – EACH-USP, que identificou um grande número de mulheres que precisavam de uma oportunidade e permitisse o acesso ao mercado de trabalho “A confecção surgiu como uma dessas possibilidades. A Prefeitura de São Paulo procurou organizar essas escolas na Zona Leste, nas regiões mais necessitadas, com vulnerabilidade, onde existe um número grande de pessoas desempregadas e precisam ter esta oportunidade”. Qualificar é uma das metas, ajudando as pessoas que estão fora do mercado de trabalho. De acordo com Medeiros na zona leste a indústria de confecção vem crescendo muito, “Estamos apoiando este curso que vai fazer a inclusão e formalizar essas pessoas que precisam” diz ele.

Outro benefício é o desenvolvimento do bairro, de acordo com Sanches algumas empresas estão se deslocando para a Zona Leste, trazendo sua unidade. No bairro Itaim Paulista já existe uma empresa de camisaria que veio de Indaiatuba, criando cerca de 100 empregos. Para Sanches é a primeira de muitas que ainda virão. Além das pequenas empresas de confecção que necessitam de mão-de-obra devidamente qualificada.

Este projeto tem a parceria com 7 subprefeituras da zona leste, são elas: Itaim Paulista, São Miguel, Itaquera, Vila Prudente, Cidade Tiradentes, São Mateus e Guaianases. Carga horária de 160 horas, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 12h00 ou 13h00 às 17h00. A capacitação das costureiras  será feita em oficinas-escolas implantadas nas subprefeituras, e em Guaianases será no  CEU – (Centro Educacional Unificado) Jambeiro (Avenida José Pinheiro Borges, 60).

O projeto é uma realização da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho em parceria com a Subprefeitura Guaianases, Diretoria Regional de educação, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae-SP, Escola de artes, Ciências e Humanidades – EACH-USP, Singer do Brasil.

Cursos Online na área de Concurso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.