PROGRAMA BALADA DA FADA

sábado, 21 de julho de 2012

Sebrae lança publicações sobre inovação em padarias

Estudo de Impacto e guia on line ajudam micro e pequenas empresas do setor na busca por competitividade

Os panificadores que querem melhorar os resultados de seus empreendimentos têm onde procurar informações e casos de sucesso para se espelharem. Basta consultar duas publicações para o segmento em todo o país, lançado pelo Sebrae, a Associação Brasileira da Indústria de Panificação (ABIP) e o Instituto Tecnológico de Panificação e Confeitaria (ITPC).
O estudo sobre os Impactos da Inovação Tecnológica na Panificação e Confeitaria mostra como os panificadores podem aplicar a tecnologia em seus negócios ao substituir equipamentos, melhorar a eficiência energética e o design, entre outros. O setor tem melhorado a competitividade, que se reflete no aumento do faturamento dos estabelecimentos.
Em 2011, as receitas foram de R$ 63 milhões, um crescimento de 12% em relação ao ano anterior. “Os empresários precisam colocar inteligência em todos os processos de produção da padaria, já que os custos estão cada vez mais elevados”, disse Marcio Rodrigues, presidente do ITPC.
Segundo a coordenadora nacional da cadeia de Panificação do Sebrae Nacional, Regina Diniz, vários estados apresentam elevado estágio de desenvolvimento e maturidade no negócio da panificação. Ela cita como exemplo São Paulo, estado que concentra o maior número de padarias, e o Espírito Santo, onde há grande organização do setor. Segundo a coordenadora nacional, as regiões Norte e Nordeste têm buscado conhecimento para impulsionar as padarias locais.
Uma das razões para o sucesso das empresas capixabas está no programa de consultoria Sebraetec, que leva serviços tecnológicos às micro e pequenas empresas. Segundo a gestora da carteira de panificação no Espírito Santo, Carla Tardiani, só no ano passado foram realizados 298 atendimentos de consultoria tecnológica no estado. Para este ano, estão previstos 352. “Um dos maiores gargalos dos panificadores é a eficiência energética e o licenciamento ambiental. Estamos trabalhando embalagens, rotulagens, design de lojas, melhoria de produtos e processos. Os resultados têm sido muito bons.”, disse Carla.
Guia
As três instituições também lançaram um guia on line com indicação de padarias que são referência em cada estado. O guia é resultado de uma pesquisa feita entre os estabelecimentos do setor em todo o país. “Foram selecionadas as panificadoras que servem de exemplo para outras empresas do setor. Foram levados em consideração itens como serviços diferenciados, atendimento adequado, delivery e produtos com valor agregado”, diz Regina Diniz. O guia e o estudo estarão em breve à disposição para download no portal do Sebrae.
As duas publicações são parte integrante das ações do convênio firmado em maio de 2011 entre a Abip, ITPC e Sebrae. O objetivo do acordo é promover ações estruturantes para o trabalho que o Sebrae realiza junto às micro e pequenas empresas do setor. “Inclusive com as informais que dependem da formalização para participarem dos projetos da instituição”, afirma Regina.
O lançamento do estudo e do guia on line ocorreram durante o Seminário de Tecnologia, que acontece paralelamente à Feira Internacional de Panificação e Confeitaria e do Varejo Independente (Fipan), um dos eventos mais importantes do setor.

Publicidade:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.