PROGRAMA BALADA DA FADA

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Polo de Itaquera terá passarela com maior vão livre de São Paulo


Obra facilitará locomoção de grande fluxo de torcedores a caminho da Arena Corinthians
O Complexo Viário do Polo Itaquera, na Zona Leste, terá uma nova passarela com 185 metros de extensão. O anúncio foi feito pelo governador Geraldo Alckmin nesta segunda-feira, 27, durante a assinatura da primeira nota de serviço para a implantação do Complexo Viário do Polo Institucional de Itaquera, na Zona Leste.
As restrições geométricas e condicionantes técnicas levaram a uma obra de grandes vãos, com um de aproximadamente 110 metros e outro com 75 metros. Posicionada próxima ao Centro de Educação Infantil Professora Abigail Rocha Moreno, na rua Boipeva, a nova passarela ligará a porção Norte do bairro de Itaquera ao futuro estádio do Corinthians, sobrepondo os trilhos do Metrô e da CPTM, bem como a Radial Leste e a Avenida José Pinheiro Borges (Nova Radial).
A passarela – a maior de São Paulo - irá se destacar dentro do conjunto de obras previstas para o local, pois será a primeira obra de arte especial do novo complexo viário a ser avistada por quem atinge a região, vindo do centro, pela Radial Leste.
Atualmente, a passarela com o maior vão livre de São Paulo fica no Complexo Viário Maria Campos (96,5 metros), na divisa com Osasco, e também foi executada pela DERSA.
A obra será instalada com uma largura mínima de seis metros para atender o fluxo concentrado de pessoas em dias de jogos. Com a nova passarela, a travessia dos pedestres procedentes da região Norte de Itaquera, a caminho do novo Polo Institucional de Itaquera (que inclui o novo estádio), será mais curta. Além da Arena Corinthians, Itaquera receberá uma série de outros equipamentos públicos, como Fórum, Fatec, Etec, Senai, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Centro de Convenções e Polo Tecnológico, entre outros.
Hoje, para realizar esse trajeto a pé é necessária a transposição dos trilhos por dentro da Estação Corinthians-Itaquera do Metrô, o que gera conflito com trânsito de usuários desses serviços.
Para esta licitação, a DERSA fará uso da modalidade “contratação integrada”.Trata-se de uma novidade introduzida pelo Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC) e que será usada pela primeira vez no Estado de São Paulo.
A contratação integrada prevê uma única licitação para o projeto e a construção, permitindo que o licitante tenha liberdade para apresentar a solução construtiva. A vantagem é que a economia para o Estado pode vir tanto em virtude de um projeto mais racional quanto pela queda do preço da obra.
Alças de ligação Nova Radial e Jacu-Pêssego
No evento, Alckmin anunciou ainda a licitação das alças de ligação entre a Av. José Pinheiro Borges (Nova Radial) e a Av. Jacu-Pêssego, avaliadas em R$ 75 milhões.
As novas alças facilitarão a interligação entre a Nova Radial (Avenida José Pinheiro Borges) e a Avenida Jacu Pêssego, os dois principais eixos viários do extremo Leste, facilitando o acesso à Marginal Tietê e ao Rodoanel para aqueles que atingem a José Pinheiro Borges.
Com prazo de execução de 15 meses, as novas alças também melhoram a locomoção dos torcedores que passam pela região nos dias de jogos, criando uma alternativa pela Marginal Tietê e Rodoanel (por meio da Av. Jacu-Pêssego), aliviando o tráfego na Radial Leste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.