PROGRAMA BALADA DA FADA

terça-feira, 2 de outubro de 2012

CEVADA PODE SUBSTITUIR O CAFÉ


 É um poderoso aliado no combate ao câncer de cólon, além de importante fonte de energia.

CURIOSIDADES

A cerveja não é a única bebida feita a partir de grãos de cevada. Em alguns lugares do mundo, como no Norte de Portugal e em toda a Itália, o café de cevada é um substituto muito popular do tradicional “ expresso”. No Brasil, encontra-se pó de café de cevada em lojas de produtos naturais e grandes supermercados.

O café de cevada é considerado mais saudável do que o tradicional por não conter cafeína e ainda oferecer todas as propriedades nutricionais e medicinais que o cereal contém. Os gladiadores romanos eram prova incontestável de que a cevada é um alimento poderoso e muito saudável. Eles tinham a dieta toda baseada em cevada – em forma de grãos, pão e cerveja – e por isso eram conhecidos como os hordearii ou “homens cevada”.


ORIGEM

Se hoje a cevada é conhecida pela maioria apenas como ingrediente principal da fabricação de cerveja, para os povos antigos ela tinha grande importância. Sua história está intimamente relacionada com a origem da agricultura. Registros de arqueólogos que estudam a Idade da Pedra afirmam que os homens das cavernas comiam grãos de cevada selvagem que ficavam caídos pelo chão. A cevada selvagem ocorria principalmente na região que hoje engloba a Síria, Palestina e Ásia Menor. Monumentos e inscrições encontrados em sítios arqueológicos no Egito, e que datam de 5.000 A.C., retratam a cevada como um alimento de grande importância. Os Sumérios, que viveram em 3.500 A.C., usavam grãos de cevada como unidade de medida e moeda de troca. Na Babilônia, de 1.750 A.C., o cereal também funcionava como dinheiro. Foram os gregos e romanos que aprenderam a transformar cevada em pão e cerveja. Ela foi levada à Europa e Estados Unidos por peregrinos e comerciantes dos séculos 16 e 17. Não se sabe quando chegou à China e Japão, mas o fato é que nesses países passou a ser ingrediente fundamental da dieta dos monges budistas, que têm o tsampa (espécie de mingau de cevada) como principal fonte de energia. Atualmente, a cevada é o quinto cereal mais produzido no mundo, usada na fabricação de cerveja e ração animal. No Brasil, ela é cultivada principalmente em Estados da região Sul e Sudeste.

PROPRIEDADES MEDICINAIS

Artigos publicados por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina reforçam a tese de que os cereais e fibras integrais ajudam a combater o câncer de cólon. A nutricionista Heloísa Guarita, colaboradora do site RG Nutri, confirma a informação:

“A ingestão de cereais como cevada é importante para o bom funcionamento do intestino, aumenta o bolo fecal e facilita o trânsito intestinal. Isso tudo ajuda a prevenir o câncer de cólon.” Camila Latorre, nutricionista e consultora do Restaurante Natural e do Prema Yoga, explica mais detalhadamente o processo: “Nos intestinos residem bactérias que se alimentam de celulose (fibras não digeríveis pelas enzimas humanas) e como reação produzem substâncias protetoras contra o câncer da parede intestinal.” A presença dos minerais magnésio e selênio torna a cevada um alimento indispensável para quem quer manter o sistema imunológico saudável. Heloísa explica: “O magnésio é um mineral utilizado na formação dos ossos e na liberação de energia dos músculos, e o selênio é um antioxidante que ajuda a proteger as células e o organismo todo.” Camila ainda acredita que a ingestão de cevada pode ser aliada no combate a outras doenças:” A cevada é útil não só no combate ao câncer, bem como é indicada para o tratamento de doenças pulmonares, desmineralizações, diarréias, infecções dos intestinos e em estados febris. É também ótima fonte de energia para pessoas em convalescença e idosos.”
                                         
 PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A cevada é um cereal rico em carboidratos, fibras, vitaminas do complexo B e nos minerais selênio e magnésio. Em 100g de grãos de cevada, encontra-se cerca de 73g de carboidratos. 12 g de proteínas, 37,7 mg de selênio e 1,94 mg de magnésio. 
Por causa da grande quantidade de fibras, a cevada é considerada um alimento funcional. 

Para quem segue uma dieta vegetariana ou vegana, ela é grande fonte de energia ao lado de outros alimentos ricos em carboidratos, como arroz e maçarão integral, batata, mandioca, trigo e aveia. 

MELHOR MODO DE CONSUMO:

Em grãos, a preparação é igual a do arroz e pode ser consumida no formato em pó, torrado, substituindo o café, junto com leite ou em forma de refresco.
 Para fazer um refresco de cevada, ponha para ferver uma xícara de chá de água e misture duas colheres de sopa de cevada em pó. Em seguida coe e misture num litro de água gelada com suco de um ou dois limões (de acordo com o seu paladar), adoce a gosto e sirva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.