PROGRAMA BALADA DA FADA

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Fiscalização na mira da Subprefeitura Guaianases

Cerca de 26 ruas de Guaianases foram percorridas fazendo as raspagens de propagandas irregulares nos postes de iluminação, caixas da telefônica, pontos de ônibus, etc

Desde do início do mês de janeiro a equipe da Supervisão de fiscalização da Subprefeitura Guaianases focou suas atividades nas ações da Operação Cidade Limpa – lambe-lambe (pequenos anúncios colados em espaços públicos), em que 26 ruas foram feitas as raspagens de propagandas irregulares em postes de iluminação, caixas da telefônica, pontos de ônibus, entre outros.

Para o supervisor de fiscalização, Moacir Vilalva Júnior, esta operação faz cumprir a lei municipal “Estamos atuando aqueles que não se importam com o visual da cidade. É muito importante esta ação, pois dá ao nosso bairro um visual despoluído e limpo” diz.

A Lei Cidade Limpa (nº 14.223) que foi lançada em 2007, que ajuda na eliminação da poluição visual em São Paulo, proibindo publicidades externas, vedando também anúncios em táxis, ônibus, bicicletas e aqueles que identificam no próprio local a atividade exercida.

As principais ruas do bairro (Rua Salvador Gianetti, Av. Luiz Mateus, Rua Evaldo Calabrez, Rua Francisco Pinheiro Borges, Rua Miguel Achiole da Fonseca, Rua Otelo Augusto Ribeiro, Rua Saturnino Pereira, Rua D. João Nery, entre outros), já foram limpas e a equipe dará continuidade nas atividades até o dia 3 de fevereiro, mas a fiscalização continua o ano todo.

Curso online de Fundamentos do Direito Constitucional

Guaianases presenteia a cidade de São Paulo com mutirão de limpeza e de serviço



A Subprefeitura de Guaianases realiza, nos dias 21/01 e 25/01, ação concentrada de limpeza e de serviços, no Jardim Gianetti, para comemorar com a comunidade o 458º aniversário da cidade de São Paulo

O subprefeito de Guaianases, Saint Clair da Rocha Coutinho Sobrinho, é idealizador do projeto que prevê a ação concentrada de zeladoria no Jardim Gianetti, Distrito do Lajeado. A iniciativa é ampliar os serviços, por meio de parcerias, convidando a população para ir à praça festejar o aniversário da cidade. A idéia surgiu no início do ano durante uma reunião de avaliação da gestão de 2011. Durante o mês de janeiro, a equipe que coordena os trabalhos da Subprefeitura, reuniu-se para organizar o mutirão que começou neste sábado, 21/1, e continua na quarta, 25/1, quando São Paulo completa 458 anos.

Os serviços à comunidade foram prestados na Praça Marcílio Alves do Prado, localizada na rua Padre Nildo do Amaral Junior. O Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Luiz Antônio de Medeiros Neto, representou o prefeito Gilberto Kassab. Também prestigiou o evento o médico e vereador Milton Ferreira. A iniciativa, bem recebida pela população local, contou com o envolvimento de servidores das áreas da saúde, educação e do meio ambiente. Participaram ainda o Chefe de Gabinete, Eugênio Cesário Martins, e os membros do Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz (CADES) de Guaianases, que na ocasião distribuíram 40 mudas de árvores, sementes e folhetos sobre a preservação do meio ambiente

A equipe da saúde, em parceria com o consultório comunitário do médico e vereador, verificou gratuitamente a pressão e o diabetes dos interessados. Foi o caso do vigilante Leonardo Monteiro da Silva, 27 anos, que descobriu que sua pressão estava alta e o diabetes normal. Para ele, “essa é uma ação importante porque atende a população que não tem condições.”

O projeto contou com a parceria de outros segmentos, como a Sabesp que distribuiu 200 exemplares do Almanaque da Água, além de vários litros de água que aliviaram a sede dos munícipes durante o sábado abafado. Outro parceiro foi o Instituto Embeleze que, das 9h às 15h, cortou o cabelo de 100 pessoas. A funcionária da Defesa Civil, Maria Lúcia Calado da Silva, 55 anos, foi uma das beneficiadas. “Estou aproveitando a canja”, disse.

As crianças divertiram-se com o projeto “Brincando na Praça”, da Supervisão de Esportes. Para a estudante do 5º ano, Maria Lúcia Ferreira Toledo, valeu à pena esperar na fila para escalar a montanha inflável, de cerca de 5 metros de altura. Ela e sua irmã Olga, de 12 anos, estavam admiradas com as mudanças ocorridas na praça após a reforma. “Aqui era um morro feio, cheio de mato e de lixo”, dizem. Para a alegria da criançada não faltaram os tradicionais: pula-pula e a piscina de bolinha. E, para adoçar a festa, algodão doce à vontade.

No entorno da praça foram realizados os serviços de varrição, capinação, poda, pintura de guias, limpeza de bueiro, retirada de entulho e duas operações cata-bagulho, que resultaram na retirada de 22 toneladas de lixo da região. A conservação de áreas verdes contou com a reforma de jardinagem na praça entre as ruas José Marin e Padre Nildo do Amaral Júnior.

A tenda do Centro de Recuperação e Preparação Animal (CEPRA) que possui convênio com o programa Permanente de Controle Reprodutivo de Cães e Gatos, da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da CONVISA, orientou 180 pessoas sobre a posse responsável e castração gratuita de animais.

A equipe da Zoonoses, responsável pelo controle de população de animais domésticos e controle de população de animais sinantrópicos, aqueles que podem transmitir doenças ou causar agravos à saúde do homem, informou 170 munícipes como prevenir a proliferação desses animais. O mutirão de ação educacional orientou a população sobre prevenção à dengue e a não jogar lixo na rua. A ação contou com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).








Curso online de Conservação da Biodiversidade