PROGRAMA BALADA DA FADA

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

OBRA DO ESTÁDIO CORINTHIANS EM ITAQUERA PODERÁ SOFRER INTERDIÇÃO APÓS ACIDENTE GRAVE




























Faltando poucos dias para a entrega do Estádio Corinthians "Itaquerão" localizado em Itaquera, zona leste de São Paulo, uma das estruturas do guindaste que sustentava meia tonelada de armação de ferro, desmorona durante a instalação e mata dois funcionários. A cobertura fecharia a estrutura do estádio para posteriormente ser coberta.

A confusão aumentou ainda mais com a chegada da imprensa e a falta de controle emocional por parte dos responsáveis pela construção e assessores do Corinthians.

Segundo foi noticiado pela Rede Record de televisão, o Ex-Presidente do Corinthians Andrés Sanches, ficou nervoso e agrediu um repórter da Folha de São Paulo juntamente com um dos seguranças que estavam no local.

O número de feridos não foi maior porque no horário do acidente a maioria estava almoçando e membros da construtora e da diretoria do Corinthians comemoravam o encerramento dessa parte da arena que futuramente seria coberta para acabamento. 

O Corinthians lamentou a ocorrência com a seguinte nota:

"A Odebrecht Infraestrutura e o Sport Club Corinthians Paulista lamentam informar que no início da tarde de hoje um acidente na obra da Arena Corinthians provocou o falecimento de dois trabalhadores – Fábio Luiz Pereira, 42, motorista/operador de Munck da empresa BHM, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 anos, montador da empresa Conecta.
Pouco antes das 13 horas, o guindaste, que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio, tombou provocando a queda da peça sobre parte da área de circulação do prédio leste – atingindo parcialmente a fachada em LED. A estrutura da arquibancada não foi comprometida. Era a 38ª vez que esse tipo de procedimento realizava-se na obra e uma peça de igual proporção foi instalada há pouco mais de uma semana no setor Sul do estádio. Equipes do corpo de bombeiros estão no local. No momento, todos os esforços estão concentrados para oferecer assistência total às famílias das vítimas."
Com o acidente no Itaquerão, os torcedores terão que aguardar a resolução dos laudos periciais da polícia e a liberação do Ministério Público que agora quer avaliar se a estrutura não foi comprometida a ponto de colocar em risco o restante da construção. Caso o risco seja confirmado, as obras do estádio poderão ser paralisadas totalmente. Segundo Frederico Barbosa, gerente operacional da Odebrecht, após a tragédia, cerca de 30% da obra já está paralisada aguardando liberação.
A Arena Corinthians foi escolhida em 2011 para sediar a abertura da Copa de 2014, pouco depois do início das obras. A entrega está prevista para dezembro deste ano. Com este acidente, resta saber se haverá tempo suficiente para cumprir os prazos. Segundo técnicos policiais, os laudos de perícia costumam demorar aproximadamente trinta dias para serem concluídos.
Reportagem: Claudia Souza / AE Carvalho
Mais fotos:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.