PROGRAMA BALADA DA FADA

domingo, 17 de março de 2013

CARTÃO BOM NOS TRILHOS

Na próxima semana mais cinco estações da CPTM e três estações do Metrô aceitam o Cartão BOM

A integração será ampliada para mais oito estações metroferroviárias
a partir desta segunda (18/03) e sexta-feira (22/03).

Na próxima semana, nos dias 18 e 22/03 o cartão BOM poderá ser utilizado em mais  cinco estações da CPTM e mais três estações do Metrô (veja abaixo). No total, 60 estações passam a aceitar o BOM, proporcionando mais rapidez aos usuários em suas integrações nas linhas intermunicipais evitando filas.

As novas Estações que passam a aceitar o BOM, na segunda-feira (18), são as linhas da CPTM, Linha 11 Coral: Antonio Gianetti Neto, José Bonifácio, Dom Bosco e Linha 9 Esmeralda: Hebraica / Rebouças e Cidade Jardim.

Na sexta-feira (22), o cartão começará a operar na Linha 1 Azul do Metrô: Vergueiro, São Joaquim e Tiradentes.

Aquisição do Cartão BOM
O interessado em obter o cartão BOM deve ligar para o Consórcio  Metropolitano de Transporte (CMT) no telefone 0800 - 771 1800 ou por meio do site www.cartaobom.com.br onde pode ser feito o cadastro, com retirada do cartão no posto indicado em sete dias corridos.

A recarga dos cartões BOM Vale Transporte e BOM Empresarial,  concedidos pelos empregadores, pode ser feita nas catracas dos ônibus  metropolitanos e também nas 60 lojas e postos de atendimento distribuídos na Região Metropolitana de São Paulo. O BOM Comum pode ser recarregado nas lojas e postos de atendimento. A relação completa pode ser consultada no site www.cartaobom.com.br



Governo do Estado inaugura 8ª unidade das Fábricas de Cultura



Unidade oferecerá cursos de iniciação artística em diversas linguagens para crianças e jovens da região
O programa Fábricas de Cultura tem mais uma unidade inaugurada pelo Governador Geraldo Alckmin neste sábado (16/3). O bairro Jaçanã, zona norte da capital paulista, é o oitavo contemplado pelo projeto. Com 4,4 mil m² de área construída, o prédio é equipado para oferecer ateliês de iniciação artística em diversas linguagens, além de apresentações artísticas para toda a comunidade. No primeiro semestre serão oferecidas 650 vagas para os cursos regulares nas modalidades circo, dança, teatro, música, literatura, artes visuais e multimeios. As matrículas poderão ser feitas a partir deste domingo (17/3) e as aulas terão início no dia 2 de abril. Todas as atividades são gratuitas e abertas a toda população.
"Muita gente vai poder se capacitar aqui na Fábrica de Cultura para arrumar um bom emprego", destacou o governador. Alckmin fez ainda um pedido especial aos pais: "estimulem as crianças e os jovens a frequentarem a Fábrica de Cultura. É de vocês. Vamos cuidar com muito carinho".
As Fábricas de Cultura são espaços inteiramente dedicados à comunidade, com foco em crianças e jovens de 8 a 21 anos, moradores de bairros com alto índice de vulnerabilidade juvenil, segundo pesquisa realizada pela Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados). A unidade do Jaçanã é a oitava inaugurada pela Secretaria de Estado da Cultura desde 2011: outras sete já estão abertas em Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Jardim São Luís, Vila Nova Cachoeirinha, Belém e Capão Redondo. Mais duas unidades estão em construção e deverão ser entregues ao público ainda no primeiro semestre de 2013 em Brasilândia (zona norte) e Cidade Tiradentes (zona leste).
Em 2012, ao todo, as Fábricas de Cultura ofereceram 600 cursos regulares de iniciação artística, com 13 mil vagas disponibilizadas para a população ao longo do ano. Já as atividades de difusão, que incluem shows, saraus, apresentações de dança, teatro e sessões de cinema, atenderam cerca de 240 mil pessoas.
Na unidade do bairro Jaçanã, serão oferecidos ateliês de iniciação artística nas modalidades teatro, dança, circo, literatura, música, artes visuais e multimeios. As aulas são destinadas a crianças e jovens de 8 a 21 anos, nos seguintes horários: das 9h às 12h e das 14h às 17h.
O prédio, que teve investimento de R$ 12 milhões, possui 16 salas equipadas para atender a todas as expressões artísticas oferecidas, um espaço de múltiplo uso, além de uma biblioteca com acervo de 2.200 mil livros e computadores conectados à internet.
A Fábrica de Cultura do Jaçanã será administrada pela Poiesis - Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e a Literatura, uma das organizações sociais qualificadas para administrar instituições e programas culturais do Estado de São Paulo, em convênio com a Secretaria.
Programação
As inscrições para os cursos regulares serão abertas no domingo (17/3) e as aulas terão início no dia 2 de abril. Enquanto isso, os jovens podem acompanhar as atividades da biblioteca, que já está aberta à comunidade. A programação inclui contações de histórias, exibições de filmes e encontros com autores.
No sábado (16/3), às 14h, após a cerimônia de inauguração da unidade, acontece o lançamento do livro "Os filmes que vi com meu pai", do autor Guga Oliveira, que será distribuído aos visitantes com apoio do Ministério da Cultura.
Entre as atividades programadas para março e abril, ganham destaque o encontro com André Vianco, autor de suspenses e narrativas sobrenaturais como O Senhor da Chuva e Os Sete, no dia 16 de abril, às 14h, e o show do grupo de rap Z'África Brasil, 28 de abril, às 16h.
A programação completa está disponível nos sites: www.fabricasdecultura.sp.gov.br ou www.cultura.sp.gov.br
Serviço
Fábrica de Cultura Jaçanã
Endereço: Rua Raimundo Eduardo da Silva, nº 138
Funcionamento:
Terça a sexta, 9h às 20h
Sábado, 10h às 20h
Domingo, 10h às 17h

Leandro Guilheiro passará por cirurgia na próxima terça-feira, em São Paulo


leandro_guilheiro_e_wagner_castropil_em_baixa.jpg


















O medalhista olímpico em Atenas e Pequim será operado na manhã de 19 de março, no Hospital Samaritano, em São Pulo, pelo traumatologista Wagner Castropil, presidente do Instituto Vita e ex-judoca brasileiro nos Jogos Olímpicos de Barcelona. Recentemente, o Instituto Vita lançou o projeto "Histórias de Vita", que trará sempre vídeos com histórias de superação. E a primeira história foi justamente sobre Leandro Guilheiro (aqui está o link:  http://www.institutovita.com.br/?Pagina=HistoriasDeVita).

O judoca brasileiro Leandro Guilheiro, medalhista (bronze) nas Olimpíadas de Atenas (2004) e Pequim (2008), será operado na manhã da próxima terça-feira, dia 19 de março, no Hospital Samaritano, em São Paulo, pelo traumatologista Wagner Castropil, presidente do Instituto Vita e especialista em joelho e ombro. Castropil foi judoca brasileiro na Olimpíada de Barcelona, em 92. 
Guilheiro se lesionou em um treinamento da Seleção Brasileira de Judô no Completo Esportivo do Ibirapuera, em São Paulo, na última terça-feira, 13 de março. A ressonância magnética realizada no Hospital Sírio Libanês diagnosticou entorse do joelho direito com rompimento do ligamento cruzado anterior, o que deixará o atleta fora de competição por cerca de seis meses, segundo informou o médico da Confederação Brasileira de Judô, Breno Schor.
"Minha vida não para devido a essa lesão. Meu corpo é forte e estarei dedicado na recuperação. Não faço planos para data da volta. O importante é retornar bem às competições. Seguirei treinando outros aspectos da minha preparação nesse período pós-cirúrgico, com as áreas técnica e tática, bem com os membros superiores, que são fundamentais na prática do judô. Se é possível dizer que há um bom momento para estar longe dos torneios, então esse momento é agora,  já que o ano de 2013 terá pouca influência no ranking olímpico para 2016", disse o atleta.

"Histórias de Vita"

Recentemente, o Instituto Vita lançou o projeto "Histórias de Vita", que trará sempre vídeos com histórias de superação. E a primeira história foi justamente sobre Leandro Guilheiro. "O Guilheiro foi escolhido por sua impressionante história de talento e perseverança", diz Castropil. "E certamente ele buscará essa incrível força de vontade para superar essa nova adversidade", acrescenta Castropil.
Segundo afirmou Guilheiro no lançamento da campanha, no início do ano, "foi uma honra" ter sido convidado para lançar o projeto. "Em primeiro lugar, porque o Instituto Vita foi fundamental para que eu pudesse ter continuidade na minha carreira e alcançar tudo o que conquistei. Além disso, é uma campanha que serve de motivação para todas as pessoas que buscam se superar – de atletas de alta competitividade a pessoas 'comuns' - já que todos passamos por momentos de dificuldade em nossas vidas", diz o atleta de 29 anos, paciente do Vita desde os 17.
O Instituto Vita é uma clínica que está no 'meio do caminho' entre o consultório e o hospital, concentrando em um só lugar todos os aspectos relacionados a devolver a saúde ao paciente. Também é muito conhecido por ser um moderno e conceituado Centro de Medicina Esportiva de Alto Rendimento e referência em Ensino e Pesquisa.
  
Assista ao vídeo abaixo,  com a "História de Vita" de Leandro Guilheiro: