PROGRAMA BALADA DA FADA

terça-feira, 19 de março de 2013

Mooca Plaza Shopping apresenta novos personagens do Museu de Cera nesta quinta-feira (21)


Neymar, Gisele Bundchen, ET, Frank Sinatra, Coringa (Batman), R2D2 (Star Wars) e Hannibal (Anthony Hopkins) chegam na próxima quinta-feira (21)

Nesta quinta-feira (21), o Mooca Plaza Shopping recebe sete novos personagens na exposição Dreamland – Museu de Cera. As peças, vindas da Inglaterra, são inéditas no país. Além das personalidades brasileiras Neymar e Gisele Bundchen, os clientes poderão ver Frank Sinatra, Coringa (Batman), R2D2 (Star Wars) e Hannibal (Anthony Hopkins).
Como os famosos museus europeus e americanos, o Dreamland apresenta celebridades reproduzidas com fidelidade, permitindo ao visitante da mostra sentir-se "cara a cara" com ídolos nacionais e internacionais, contemplando o público de todas as idades. As peças são confeccionadas nos mesmos ateliês que reproduzem os personagens para os grandes museus da Europa e Estados Unidos.
As outras peças continuam disponíveis para o público. São elas: Elvis Presley, Madonna, Paul McCartney, Lady Gaga, Pelé, Ayrton Senna, Albert Einstein, Barack Obama, ET, Angelina Jolie, Dobby (Harry Potter), Will Smith, Máscara, Mulher Gato, Jack Sparrow, Jason Vorhees, Freddy Krueger, Chapolin, Frankenstein, Trooper (Soldado Imperial), Paulo Senior (American Chopper), Ghost (Pânico), Drácula, Fiona, John Wayne, Patrick, Bob Esponja, Bart Simpson, Harry Potter, Leonardo Dicaprio, Robert Pattinson, Brad Pitt, Papa João Paulo II, Dilma Rousseff, Spock (Star Treck), Arnold Schwarzenneger (T800 – Exterminador do Futuro), Gollun (Hobbit / O Senhor dos Anéis), Chewbacca (Star Wars), Darth Vader, Bobba Fett (Star Wars), Don Corleone (Marlon Brando), Yoda (Star Wars) e Marylin Monroe.
A exposição fica aberta até o final de março.

Serviço

Dreamland – Museu de Cera
Data: até final de março.
Horário: segunda a sábado, das 14h às 22h, domingos e feriados, das 14h às 20h
Local: Rua Capitão Pacheco e Chaves, 313, Mooca, São Paulo (Teatro – Piso L2)
Entrada: inteira R$ 40,00, meia R$ 20,00. Para as famílias há pacotes especiais: a partir de três pessoas o ingresso individual custa R$ 20,00













Sobre o Dreamland

Inaugurado em 2009, o Dreamland é o primeiro Museu de Cera da América Latina. É o primeiro projeto do gênero a apresentar ícones do cinema e da cultura pop em toda a América Latina, destacando ícones do cinema, desenho animado, esporte, história, música, política e seriados de televisão.

SOBRE A BRMALLS

A BRMALLS é a maior empresa integrada de shopping centers do Brasil, com participação em 51 shoppings, que totalizam 1.620,6 mil m² de Área Bruta Locável (ABL) e 922,4 mil m² de ABL próprio. A BRMALLS é a única empresa nacional de shopping centers com presença em todas as cinco regiões do Brasil, atendendo aos consumidores de todas as diferentes classes sociais no País.




Instituto Ecofuturo inicia distribuição nacional da publicação “Eu Quero Minha Biblioteca”



Ação objetiva disponibilizar informações sobre como acessar recursos federais destinados à educação que viabilizam a criação e manutenção de bibliotecas

Em março o Instituto Ecofuturo dá início a uma nova ação nacional para contribuir com a efetividade da Lei 12.244/10, que determina que todas as instituições de ensino do País, públicas e privadas, tenham biblioteca até 2020: a partir da próxima semana os prefeitos de todos os 5.500 municípios começam a receber a publicação “Eu Quero Minha Biblioteca”, que informa quais são e como acessar políticas públicas federais destinadas à educação que podem ser contribuir com a criação e manutenção de bibliotecas, como PAR, PNBE e FUNDEB.

Essa iniciativa integra a campanha “Eu Quero Minha Biblioteca”, capitaneada desde setembro de 2012 pelo Instituto em parceria com a Academia Brasileira de Letras, Conselho Federal de Biblioteconomia, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), Grupo Marista de Solidariedade, Instituto Ayrton Senna, Instituto C&A, Instituto pela Corresponsabilidade na Educação (ICE), Movimento por um Brasil Literário e Todos pela Educação.

“Os gestores públicos têm papel fundamental na efetividade de políticas públicas, como é o caso da criação e manutenção de bibliotecas em escolas. Há importantes referências mostrando que o hábito da leitura depende, certamente, de uma diversidade de fatores, sendo um deles a disponibilidade física de livros para consumo, ou seja, bibliotecas. Pesquisa do SAEB (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Básico) de 2003 revela que o aumento da proficiência em leitura está diretamente proporcional ao aumento do uso da biblioteca (de 25% para 75% dos alunos). E o que gera maior aumento nesta média é disponibilidade de profissional fixo na biblioteca e atividades dirigidas realizadas por professores neste espaço”, reforça Christine Castilho Fontelles, diretora de educação e cultura do Instituto Ecofuturo.

Você também pode integrar esta rede nacional pela efetividade deste direito! Para aderir à Campanha e acessar gratuitamente a versão virtual da publicação acesse o site http://www.euquerominhabiblioteca.org.br/mobilize_se



Aumenta incidência de câncer de mama entre mulheres jovens


Aumenta incidência de câncer de mama entre mulheres jovens

Nos últimos 30 anos, mais mulheres que vivem nos Estados Unidos com idade entre 25 e 39 anos foram diagnosticadas com câncer de mama com metástase, informa pesquisa publicada no final de fevereiro no site http://www.breastcancer.org/. São 1,53 casos para cada 100 mil mulheres em 1976 e 2,90 para 100 mil em 2009, crescimento médio de casos de 2,1% ao ano. Isso significa que 800 mulheres com menos de 40 anos são diagnosticadas com câncer com metástase a cada ano. A doença com metástase em mulheres jovens tende a ser mais agressiva e de tratamento mais difícil.

 A pesquisa não traz a comprovação do motivo deste crescimentos de casos entre as jovens, mas sugere uma combinação de fatores como a causa. Uma delas seria o fato de as mulheres terem o primeiro filho mais tarde, após os 30 anos, o que eleva a chance de aparecimento da doença. O consumo de bebidas alcoólicas e de cigarro e o aumento da obesidade também são fatores de risco

Embora o crescimento da incidência da doença com metástase seja assustador, os números ainda são pequenos. Mas o importante é as mulheres desta faixa etária terem o conhecimento destas informações e, desta forma, não aceitar que o seu médico descarte a incidência da doença apenas pelo fator idade se estiver com algum sintoma, como inchaço e vermelhidão.

Conforme o oncologista do Instituto do Câncer Mãe de Deus, Stephen Stefani, a triagem não costuma ser recomendada em pacientes jovens, até porque a mama ainda é muito densa e a mamografia pode não ser confiável. A recomendação vigente para mulheres jovens sem sintomas é fazer a revisão com o médico e discutir vantagens e desvantagens de outros exames mais complexos. Se a paciente tem qualquer sintoma, como nódulos ou secreção mamária, não é mais triagem, passa a ser investigação, esclarece Dr. Stefani. Segundo ele,  a recomendação sempre é que as seja feita avaliação médica.

Existem diferenças nas taxas de incidência da doença entre as regiões do Brasil. As maiores incidências ocorrem nas regiões Sul e Sudeste. A medida utilizada para quantificar esta incidência chama-se taxa bruta , que corresponde ao número de casos para cada 100mil mulheres. Na região Sudeste, esta taxa é de 64.54 casos/100mil mulheres; região Sul, 64.3/100mil mulheres; região Centro-Oeste, 37,68/100mil mulheres; região Nordeste, 30,11/100mil mulheres e região Norte com a menor incidência, 16,62/100mil mulheres. Estas diferenças provavelmente são decorrentes do fato já conhecida de quanto maior o desenvolvimento da região maior a incidência de câncer de mama. Isto reflete uma sociedade mais industrializada com consumo cada vez maior de uma alimentação inadequada e excesso de peso. Esses números referem-se a mulheres de todas as faixas etárias. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que o diagnóstico em mulheres entre 25 e 39 anos subiu de 3% para 17% do total de casos nos últimos anos



É importante manter alguns hábitos para reduzir os riscos da doença, tais como:
-       dieta leve, evitando alimentos com açúcar e processados;
-       pratique exercícios regulares
-       evite o álcool
-       não fume


Dados Nacionais: Instituto Nacional do Câncer