PROGRAMA BALADA DA FADA

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Parceria entre CAU/SP e Defensoria Pública beneficia população de baixa renda


O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU/SP) firmou uma parceria com a Defensoria Pública do Estado que oferece, gratuitamente à população de baixa renda, assistência técnica nos processos judiciais e vistorias extrajudiciais que necessitem de parecer profissional de um arquiteto ou urbanista. O convênio entre as partes foi assinado dia 22 de maio.

“Vamos criar um banco de profissionais habilitados e reconhecidos pelo CAU/SP que poderão ser convocados pela Defensoria Pública para prestar todo tipo de serviço de nossa competência, sempre que for necessário. Mas só poderá se inscrever e realizar este trabalho o profissional que estiver com o seu cadastro regularizado junto ao nosso Conselho”, alerta Afonso Celso Bueno Monteiro, presidente do CAU/SP.

Aos profissionais interessados em participar dessa parceria, as inscrições foram abertas ontem, dia 1º de junho, e poderão ser feitas até o dia 20 do mesmo mês, pelo Sistema de Informação e Comunicação do CAU – SICCAU, através de abertura de protocolo com o assunto `Inscrição Defensoria Pública – CAU/SP´. “No momento da inscrição, o profissional poderá indicar em qual Comarca e Fórum Regional gostaria de atuar”, diz Monteiro.


O presidente do CAU/SP também explica que o pagamento aos profissionais pelo serviço prestado será realizado pela Defensoria Pública de acordo com a tabela de honorários dos profissionais da defensoria. “Além da oferta de trabalho aos nossos profissionais, a parceria também tem o mérito de proporcionar à população de baixa renda o acesso a um serviço tão importante e indispensável nestes casos”, conclui Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.