PROGRAMA BALADA DA FADA

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Cia de Artes Makuná realiza arrecadação em Crowdfunding e ajuda ONG Anjos da Noite



A Cia de Artes Makuná lançou uma grande campanha no Kickante. O objetivo da mesma é arrecadar fundos para a superprodução de 2016. E para que todos saiam ganhando nessa para quem colaborar com o valor de R$10,00 (dez reais) a Cia se encarregará de doar 1 quilo de alimento não perecível para a ONG Anjos da Noite (www.anjosdanoite.org.br) para a criação e distribuição de alimentos aos moradores de rua. Além disso, o colaborador ganhará um par de ingressos ou cadeiras cativas, caso ele opte por assistir a produção em dias de gratuidade.

A Makuná é uma Cia de Artes que nasceu através de várias pesquisas e experimentações teóricas e práticas no meio cênico, musical e do movimento. As criações e produções em artes dramáticas, dança e música, atuam na realização de espetáculos cênicos, musicais e de movimento acontece através da desconstrução de temas e produtos finais elaborando performances únicas e propondo um novo olhar para a mesma obra.

A missão é apresentar ao público um novo meio de apreciar a linguagem teatral e do movimento através deste conceito de construção despertando o senso critico, opinativo e o pensamento. Além disso, queremos através desse projeto compartilhar o nosso conhecimento ao público em geral porque nós acreditamos que a cultura e as artes pode ser sim uma porta para a inclusão e geração de renda.

A Cia tem o seu pensamento baseado em dois grandes pensadores do teatro Bertold Brecht e Constantin Stanislávski, porque a mesma acredita que “... o espectador deve tirar da peça alguma lição permanente e não se identificar sentimentalmente com ela, enquanto o ator deve ser capaz de sair de sua personagem e comentar sua interpretação.” (Brecht) Enquanto Stanislávski diz que “todas as ações no palco têm que ter um propósito. Isto significa que a atenção do artista sempre deve ser enfocada em uma série de ações físicas ligadas sucessivamente pelas circunstâncias da cena”.

Makuná é o nome de uma pequena tribo indígena que habita no Brasil, região norte do Amazonas e em parte da Colômbia. A tribo é considerada pacificadora que busca na natureza energias de paz, amor, harmonia, luz, serenidade e felicidade através de danças e canto. Eles acreditam que ao invocar essas energias, o ser humano conquista o poder de transformar a si mesmo (obtendo equilíbrio, amor, paz, harmonia, saúde e felicidade) e o meio em que vive. A Língua utilizada por eles é o Tucano (https://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADngua_tucana). O logo tipo é o desenho das energias da natureza entoada pela tribo numa ligação única entre eles e as cores utilizadas remetem a tranquilidade, serenidade e harmonia (azul), romantismo e ternura (rosa), luz, calor, descontração, otimismo, alegria, prosperidade, felicidade e criatividade (amarelo), esperança, liberdade, saúde, vitalidade, prosperidade e juventude (verde) e espiritualidade, magia, mistério, introspecção, purificação, libertação e transformação (roxo).

A Decisão do nome se deu porque a Cia é um grupo de pessoas que busca nas artes e na cultura o poder de transformar o meio onde vivem, através do equilíbrio, descontração, harmonizada criatividade, levando otimismo, alegria atraindo pessoas com o intuito de se transformarem em uma pessoa melhor por esse universo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.